Santa Casa de Piracicaba lança campanha de conscientização e reconhecimento

A Santa Casa de Piracicaba, por meio da Comissão Interna de Humanização, lança hoje a campanha Força, Linha de Frente! Vocês são Nosso Orgulho, com o objetivo de enaltecer a bravura desses profissionais que há mais de um ano lutam de maneira incansável na pandemia do novo coronavírus. Paralelo à homenagem – que também conta ainda com mensagens enviadas por vídeo de diferentes personalidades da cidade -, é dado início a uma campanha de conscientização da população para que se entenda a gravidade dessa doença e do porque existe a necessidade de respeitar os planos de contingência criados para frear a disseminação do novo coronavírus.

Você sabia que uma UTI Covid-19 é totalmente diferente de uma UTI convencional? Sim, é isso mesmo. De acordo com médico coordenador da UTI Covid-19 da Santa Casa de Piracicaba Rafael Tinelli, essa unidade demanda muito mais assistência. “Se em uma UTI convencional um paciente demanda de 4,2 horas de assistência direta diária, um paciente da UTI Covid-19 demanda três vezes esse tempo, ou seja: 12,6 horas de assistência direta diárias”, explica Tinelli.

Isso porque, segundo ele, o paciente covid-19 depende de muitas medicações, drogas vasoativas que necessitam de um aporte de equipamentos muito maior e de fisioterapia intensa 24 horas.

“Ajustamos parâmetros de ventilador, fazemos manobra de articulação para não ter atrofia muscular, manobra de prona e manobra para retirada de secreção. Tudo isso demanda horas a mais de assistência. Além disso, há ainda o controle de medicação e pressão que devem ser constantes devido à instabilidade que a doença causa”, explica a enfermeira coordenadora da UTI Covid-19 da Santa Casa de Piracicaba, Gisele Vilarinho.

A administradora da Santa Casa, Vanda Petean, disse que a campanha é extremamente importante para que a população entenda a atual gravidade em que se encontra o País neste momento de pandemia, como também a importância de enaltecer, de cuidar e de respeitar aqueles que cuidam de quem mais amamos.

“Os profissionais de saúde estão aqui para cuidar das pessoas que são mais importantes em nossas vidas, que são nossos familiares e amigos. É preciso que todos tenham consciência, que não promovam aglomeração e que se imunizem quando chegar a sua vez, para que possamos acabar, de uma vez, com essa pandemia e voltar ao ritmo de nossas vidas e atividades profissionais. O fim dessa crise sanitária também de depende de cada um de nós”.

https://www.youtube.com/watch?v=3-L5WcGU8HU

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

cinco × 2 =