Tricolor terá quatro jogos seguidos no Morumbi (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

O São Paulo enfrenta a LDU-EQU (Liga Desportiva Universitária) hoje, às 21h30, no Estádio do Morumbi, em São Paulo, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores 2020. O Tricolor, estreou com derrota para o Binacional-PER (2 a 1) na semana passada, e precisa de um triunfo diante dos equatorianos que venceram o atual vice-campeão River Plate-ARG (3 a 0) na estreia e lidera a chave.

Após ter melhorado o rendimento nas últimas semanas, o Tricolor Paulista vem em baixa para o confronto, já que além da derrota para os peruanos, foi derrotado pelo Botafogo (1 a 0) no Paulistão, portanto o jogo diante da LDU é tratado como uma decisão para a equipe. “Sem dúvidas, a partida contra a LDU será uma decisão para nós. A Libertadores não te permite vacilar. A gente espera o Morumbi lotado para conseguir a vitória e embolar o nosso grupo”, disse o goleiro Tiago Volpi.

Assim como Volpi, o técnico Fernando Diniz também adotou o discurso de decisão para a equipe do Morumbi. “O São Paulo vive de decisões. Quando você está em um time desse tamanho, encaramos o próximo jogo sempre como uma grande decisão. Perdemos pontos no Peru, contra o Binacional, e agora precisamos muito da vitória em casa”, declarou o treinador.

O Tricolor inicia nesta quarta-feira uma sequência incomum e rara no futebol mundial, já que terá quatro jogos consecutivos em casa, diante de seu torcedor. Depois da LDU, a equipe recebe o Santos (14, pelo Paulistão), River Plate-ARG (17, pela Libertadores) e Red Bull Bragantino (21, pelo Paulistão).

Além da vitória sobre o River Plate, a LDU lidera o Campeonato Equatoriano, com três vitórias em quatro jogos, além de já ter faturado a Supercopa do Equador. Campeão da Libertadores em 2008, a equipe tem como estrela Antonio Valencia, atleta da seleção do Equador e que jogou durante 10 anos no Manchester United-ING.

São Paulo e LDU se enfrentaram na fase de grupos da Libertadores de 2004, com uma vitória para cada lado, sendo que na partida disputada no Morumbi, a equipe paulista venceu por 1 a 0, gol de Luís Fabiano. A última vez em que o Tricolor jogou em casa diante de uma equipe equatoriana, foi na Copa Sul-Americana de 2014, quando venceu o Emelec-EQU por 4 a 2, gols de Michel Bastos, Hudson, Alan Kardec e Antônio Carlos, com Bolaños e Mena marcando para os visitantes.

OUTROS JOGOS
Além do Tricolor, os times Rubro Negros também entram em campo nesta quarta-feira. O Athletico Paranaense joga diante do Colo-Colo, às 19h15, em Santiago, no Chile; enquanto o Flamengo joga às 21h30, no Rio de Janeiro, diante do Barcelona-EQU. Amanhã acontece o clássico Gre-Nal, entre Grêmio e Internacional, às 21h, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Nos jogos de ontem, o Santos derrotou o Delfín-EQU por 1 a 0, gol de Lucas Veríssimo, enquanto o Palmeiras derrotou o Guaraní-PAR por 3 a 1, com um hat-trick de Luiz Adriano.

Mauro Adamoli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco + catorze =