São Pedro vai ter 90% do esgoto tratado com ETE Samambaia

ETE tem capacidade de tratamento de 90 l/s | Foto: Divulgação

Com investimento de R$ 33,2 milhões, valor que inclui verbas do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) e municipais, São Pedro inaugura neste sábado (5) a ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Samambaia “Professor José Augusto Rego Barros Seydell”, no bairro Vale do Sol.

De acordo com o diretor-presidente do Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro), Giovane Genezelli, a ETE deixa a estância turística com cerca de 90% do esgoto tratado. “Mas logo será 100%, quando entrar em operação a ETE do Horto Florestal, em breve”, destaca. Hoje, tem capacidade para tratar esgoto produzido por 40 mil pessoas e de toda área urbana do município. A ETE já funciona em modo teste desde junho deste ano, revela Genezelli, com devido licenciamento.

“Esta é uma estação compacta, chamada de sistema holandês, com tanques anaeróbicos e aeróbicos”, conta ao diretor. A capacidade de tratamento da ETE é de 90 l/s, explica Genezelli, o que significa que 64,8 toneladas de matéria orgânica por mês deixam de ser despejadas nos ribeirões que abastecem a cidade.

O processo de tratamento conta ainda com medição de vazões, tratamento preliminar (sujeiras grossas), tratamento secundário, concepção integrada de reatores (aeróbios e anaeróbios), queima de gás, desinfecção e tratamento do lodo gerado, além de estação elevatória, 2.500 metros de linha de recalque e 80 metros de coletor de interligação.

Os investimentos incluem também implantação do sistema complementar de afastamento, coletor tronco, linha de recalque e estação elevatória, obras que garantem o ‘caminho’ do esgoto coletado nos bairros até a ETE.

São 14,5 km de coletores instalados. O ‘caminho’ tem início no bairro São Dimas II, com passagem pela Estação Elevatória do Santa Mônica, ruas João Baptistela Siloto, João Sobrinho, avenida dos Imigrantes, rua Manoel Aranha, no bairro Vale do Sol e ETE Samambaia.

Segundo Genezelli, a obra terá impacto no turismo da cidade. “Contribuirá muito. Além disso, esta a inauguração tem uma veia do ecoturismo, já que o município está no final da Bacia PCJ, aqui passa uma parte do rio Piracicaba”.

Por conta do estado ter regredido à fase amarela do Plano São Paulo, a inauguração será transmitida ao vivo pelo facebook da Prefeitura (www.facebook.com/prefeituradesaopedro).

Erick Tedesco

Leia mais

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

12 − 11 =