Saúde amplia leitos de UTI em 66% e dobra vagas na enfermaria

Essas e outras medidas são apontadas pela Saúde como fator de redução de mortes e novos casos. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

A Secretaria de Saúde de Piracicaba informou ontem que aumentou de 86 para 143 o numero de leitos de UTI (unidade de Terapia Intensiva) e de 99 para 255 vagas nas enfermarias. O aumento de 66% e mais que o dobro, respectivamente, dos leitos para tratamento da covid-19 são algumas das justificativas da pasta para a redução do número de mortos e infectados na cidade.

“Esta redução se deve por diversas razões, entre elas a adesão dos piracicabanos ao Plano Emergencial que restringiu a circulação de pessoas na cidade; contou com a fiscalização – por meio de força- -tarefa – para evitar aglomerações e festas clandestinas; bem como manter o cronograma de vacinação contra a covid-19”, informou a secretaria em nota acrescentando a ampliação do atendimento desde o início da nova gestão.

Segundo a Saúde, no ano passado, a cidade tinha 86 leitos de UTI e, no momento são 143. No caso das enfermarias, eram 99 vagas em 2020 e hoje são 255 vagas no setor.

A secretaria segue com as mudanças citando que, até o ano passado, havia apenas um centro de referência para covid-19, que ficava na UPA do Piracicamirim, atualmente, são duas unidades de referência – UPA da Vila Rezende e a COT (Central de Ortopedia e Traumatologia), sendo que a UPA do Piracicamirim poderá receber, em breve, um anexo hospitalar para tratamento covid-19.

“Neste período também foi ampliado significativamente a realização dos testes rápidos e de RT-PCR e o recentemente lançado Programa RespirAr que consiste em oferecer aos pacientes com sintomas de síndrome gripal atendimento descentralizado para covid-19 nas 51 Unidades de Saúde da Família com monitoramento dos sinais e sintomas que vão desde a avaliação do nível de consciência até o monitoramento da oxigenação”, informou.

MORTOS E INFECTADOS

A Secretaria de Saúde de Piracicaba registrou nesta quinta-feira, sete mortes em razão da covid-19. As vítimas são três homens de 36, 47 e 60 anos e quatro mulheres de 40, 68, 70 e 84 anos. Com isso o número de mortes por covid-19 no município aumenta para 811.

Em relação aos contaminados pela doença, foram mais 145 pessoas nas últimas 24 horas, sendo 68 mulheres (com idadeS entre quatro e 72 anos) e 77 homens (entre três e 80 anos), elevando o número de contaminados para 44.024.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

quatro × 2 =