Secretária de Turismo tem reunião em SP sobre título de Município de Interesse Turístico (MIT)

Foto: Divulgação

Piracicaba apresentou documentação e espera trâmite; com aprovação, município receberá verba anual para a área

A diretora de Turismo, Rose Massarutto, participou na quarta-feira, (15), de uma audiência com o secretário de governo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz, com o objetivo de conversar sobre o trâmite da documentação apresentada por Piracicaba, visando conquistar o título de Município de Interesse Turístico (MIT). Durante a reunião, agendada pelo deputado estadual Alex de Madureira, Massaruto reforçou que a cidade possui todas as condições técnicas e atrativas para o desenvolvimento do turismo.

Uma vez classificado como sendo de interesse turístico, o município entrará na faixa de promoção do Governo do Estado como destino, passando a ter o direito de receber um repasse de, aproximadamente, R$ 700 mil ao ano para ser investido exclusivamente em infraestrutura turística. O processo de Piracicaba está em análise técnica e deverá ser votado pela Assembleia Legislativa de São Paulo nas próximas semanas.

Rose Massaruto lembrou que Piracicaba entrou com a documentação pela 1ª vez em 2018, visando a obtenção do MIT, recebendo como devolutiva a necessidade de adequações, feitas e entregues em dezembro de 2020. “Estamos otimistas, porque o secretário Lummertz se mostrou bem receptivo a nossa proposta, lembrando que o nosso município tem todas as condições técnicas e atrativas para o desenvolvimento do turismo e não poderia estar de fora da lista de 140 cidades que pleiteiam o MIT”, frisou.

Para o deputado estadual Alex de Madureira, autor de emenda parlamentar que propõe a inclusão de Piracicaba como MIT, o turismo, como atividade econômica e social, é muito importante para se trazer divisas aos munícipes, mas para isso são necessários investimentos e qualificações que ajudem as pessoas a aproveitar essas oportunidades. Na sua opinião, os recursos advindos da obtenção do MIT serão de extrema importância para que essas atividades sejam desenvolvidas de um modo ordenado e sustentável, ou seja, com planejamento e visão estratégica dos principais pontos onde deve ser empregados esses recursos.

Da Redação

LEIA MAIS

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

5 × 1 =