Seguindo protocolos, igrejas mantêm celebrações de Natal

No dia 25, as missas na Catedral acontecem às 9h e às 18h | Foto: Amanda Vieira/JP

Seguindo os protocolos sanitários, as igrejas e templos religiosos não fecham as portas para as celebrações de Natal. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, mesmo com as medidas mais restritivas entre os dias 25 e 27 de dezembro e 1 e 3 de janeiro, o governo do Estado de São Paulo não proíbe a realização de atividades religiosas.


“As igrejas podem funcionar seguindo as regras de cada fase, com horário reduzido, protocolos sanitários padrões, uso obrigatório de máscaras, distanciamento social mínimo de 1,5 metro, e limite máximo da ocupação de assentos para evitar aglomerações”, informou a pasta em nota. Em protocolo específico para as atividades religiosas, o recomendado é lotação máximo de 30% da capacidade.

A Diocese de Piracicaba informou que na Catedral Santo Antônio há missa nesta quinta-feira (24), às 20h, presidida por Dom Fernando Mason, com possibilidade também de acompanhá-la via transmissão no Facebook da catedral. Já no Natal, dia 25, as missas serão às 9h e às 18h.

Segundo a diocese, cada paróquia estabelece seus próprios horários de missas para os dias 24 e 25 de dezembro. “As missas terão a presença de público, com número reduzido, com uso obrigatório de máscara e disponibilização de álcool gel”, diz em nota, acrescentando que, se ocorrer alguma determinação diferente, as paróquias vão informar os fiéis pelas redes sociais.

LEIA MAIS:

De acordo com a assessoria de imprensa da Igreja Adventista, havendo autorização do município, os templos serão mantidos abertos seguindo “todos os protocolos conforme orientações de saúde”.

O pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular, Antonio Carlos Stefan, o pastor Toninho, afirma que a igreja antecipou as celebrações de Natal para o fim de semana passado e que até segunda ordem nesses períodos de celebrações haverá atividades presenciais e online com número reduzido de pessoas.

Decreto da prefeitura que segue a decisão do Estado com medidas mais restritivas afirma que apenas as atividades essenciais podem funcionar. Decreto do governo federal, de 25 de março, incluiu atividades religiosas no rol das atividades essenciais “atendendo as determinações do Ministério da Saúde”.

SEM PÚBLICO
De acordo com o pai de santo Ronaldo Almeida, sacerdote da Comunidade de Umbanda Sr. Zé Moreno das Almas, as atividade presenciais da comunidade estão suspensas até, pelo menos, 19 de janeiro. Segundo circular da igreja Congregação Cristã no Brasil, de 25 de dezembro até 10 de janeiro, as atividades presenciais estão suspensas em todas as casas de oração do País. Os fiéis podem acompanhar os cultos online pelo YouTube, segundo informou em nota.

Andressa Mota | [email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

quinze − 14 =