Semactur também não informou nova data para apresentação (Foto: Rodrigo Alves)

A temporada 2020 da OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba) insiste em não começar. Foram apenas duas apresentações este ano, em ocasiões especiais, e aquela que seria a estreia oficial em palco, o concerto “ABC do Papai”, neste domingo (9), no Cine Drive-In Piracicaba, foi adiada. De acordo com a assessoria de imprensa do grupo, o adiamento foi necessário “devido a problemas técnicos de última hora”.
A informação foi confirmada pela titular da SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e do Turismo), Rosângela Camolese. A secretária, no entanto, não explicou o motivo do adiamento. “Outra data será vista em comum acordo”, respondeu a secretária aos questionados do Jornal de Piracicaba.

A OSP é uma entidade sem fins lucrativos, reconhecida como de utilidade pública estadual e municipal. Em 2015, a orquestra passou por uma grande reestruturação, amparada com recursos do poder público (por meio de subvenção aprovada na Câmara) e do setor privado (via leis Rouanet, do governo federal, e ProAc, do governo estadual).

O “ABC do Papai” teria entrada gratuita. Era alusivo ao Dia dos Pais e, além dos 60 instrumentistas e o maestro Luis Fernando Fisher Dutra em palco, contaria com a participação do ator Romualdo Sarcedo e do chargista Erasmo Spadotto, diretor do Cedhu (Centro Nacional do Humor Gráfico), que faria um desenho ao vivo para ser sorteado ao final da apresentação.

De março de 2015 a janeiro de 2020 foram aproximadamente 95 mil pessoas nos concertos, realizados no Teatro Engenho, Teatro Municipal Dr. Losso Netto, gramado da Esalq/USP, Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão e Sala São Paulo (na capital paulista).

Em janeiro deste ano, a OSP fez um concerto com a banda Beetles One, cover dos Beatles, que levou mais de 7.000 pessoas para o gramado da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), na abertura do ano acadêmico da instituição, ligada à Universidade de São Paulo.

Em 28 de março estava prevista a estreia da Temporada 2020, em que a OSP se apresentaria com os bailarinos da Cedan (Companhia Estável de Dança de Piracicaba) na inauguração do fosso operístico do Teatro Municipal Dr. Losso Netto e para marcar o seu aniversário de 120 anos de fundação. Com a suspensão das atividades, a direção da OSP desenvolveu a série “OSP em Casa”, com ações virtuais de forma voluntária por seus músicos, sob a coordenação da assessoria de comunicação.

No último dia 31, véspera do aniversário de Piracicaba, a orquestra divulgou uma versão orquestral inédita da música “Rio de Lágrimas”, por meio de parceria com a Câmara de Vereadores de Piracicaba. Em menos de três dias, o vídeo alcançou 200 mil visualizações apenas no Facebook.

Erick Tedesco

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 × 4 =