Sindicato apresenta demandas ao novo secretário

Foto: Divulgação

Diretores do Sindicato Municipal de Piracicaba e Região, se reuniram com o secretário de Educação de Piracicaba, Bruno Rosa, nesta segunda-feira (dia 7), para tratar da demanda da pasta recebida via ouvidoria do sindicato. Na pauta foram discutidos o direito a 15 minutos não computados na jornada de trabalho para os professores sob regime CLT, atividade laboral diária para merendeiras, a fim de amenizar as doenças oriundas de repetição de trabalho, estudo do plano de carreira do magistério.

“A minha meta é abrir a discussão do plano de carreira, ouvindo os servidores por meio do Sindicato”, disse Rosa.

Outros assuntos na pauta, como manutenção do recesso de julho para todos os servidores da Educação que atuam nas escolas, serão estudados baseado nas leis da educação, segundo afirmou Rosa.

Também foi solicitado, na elaboração do calendário anual, prever recesso aos professores e início das férias coletivas a partir de período em que não tenha os feriados de final de ano.

O Secretário Bruno Rosa informou aos dirigentes sindicais que existe a necessidade de contratar, ao menos 300 servidores para a Educação, para suprir a rede. Para isso, será necessário a realização de concurso público. “Assim, sanaremos a falta deles e a sobrecarga nos atuais servidores”, afirmou.

Da Redação

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

19 + 9 =