Sindicato dos Municipais doa detectores de armas brancas; entidade faz 1ª reunião sobre salários

Foto: Arquivo/JP

GCM recebeu os equipamentos para uso na Câmara Municipal, que identifica de cortador de unha a faca

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Municipais adquiriu dois scanners manual para detecção de armas de fogo ou armas brancas e doou os equipamentos para a GCM (Guarda Civil Municipal). A entrega aconteceu ontem (quarta-feira) com a presença dos diretores Osmir Bertazzoni, Valdir Martins e Renata Perazoli.

“Após fala de vereador em sessão camarária com relação à segurança durante as reuniões, com a possibilidade de pessoas estarem entrando armadas, resolvemos fazer a doação dos equipamentos à GCM. O objetivo é o de garantir a segurança dos servidores e das pessoas que frequentam a Casa de Leis”, disse o dirigente sindical, Osmir Bertazzoni.

Segundo ele, esses são os detectores utilizados pela PF (Polícia Federal), foram testados e são capazes de detectar desde um cortador de unha, um canivete até qualquer tipo de arma.

SALÁRIO
A direção do sindicato se reuniu com secretários municipais da prefeitura de Piracicaba debater sobre reivindicações da categoria. Na pauta estavam a negociação salarial e aplicação das leis municipais 9.687 e 9.688, ambas de 2021 – essas regulamentações garantem a manutenção da gratificação e do abono por desempenho concedidos aos servidores no caso de ausência do trabalho justificada pela covid-19 e por situações de calamidade pública. Esta foi a primeira reunião da Mesa de Negociações com a administração de Luciano Almeida (DEM).

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

3 × 5 =