Sindicato recorre à Justiça do Trabalho para mediar greve na Unimep

Professores estão em greve desde 30 de novembro | Foto: Claudinho Coradini/JP

O Sinpro Campinas (Sindicato dos Professores de Campinas) informou ter recorrido ao TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 15ª Região para que seja feita mediação na greve dos professores da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba). Segundo a entidade, a ação se tornou necessária após o IEP (Instituto Educação Piracicabano), mantenedor da universidade, não enviar proposta aos docentes na última assembleia.


Em nota, o Sinpro informou ter protocolado pedido de mediação “visando acelerar as negociações e atendimento da pauta de reivindicações da greve”. Também afirmou que, como “a Justiça do Trabalho está em recesso e as audiências suspensas até 20 de janeiro”, o jurídico da entidade tenta contato com o Cejusc (Centros Judiciários de Métodos Consensuais de Solução de Disputas) “para que tenha urgência”.

LEIA MAIS:


Os professores estão em greve desde 30 de novembro e reivindicam quitação de salários vencidos com multas, quitação de 13º salário e quitação de férias. Segundo Conceição Fornasari, “nova assembleia será chamada apenas quando houver proposta da Unimep ou um fato novo”, afirma.
Segundo a assessoria de imprensa do TRT-15, a vice-presidência judicial do Tribunal não havia recebido o pedido até a tarde de ontem. “Se o sindicato solicitou ao Cejusc de Piracicaba, com certeza eles devem encaminhar para a VPJ [vice-presidência judicial]”. A assessoria informou que os pedidos são sempre analisados.


Em nota, o IEP informou que a Direção-Geral e a Reitoria da Unimep enviaram duas propostas de acordo para os professores, em momentos diferentes, “mas não foram aceitas”. Afirma que continua trabalhando “para assinar um acordo que atenda aos interesses dos colaboradores e que seja viável financeiramente para a Instituição” e que “tem atuado de maneira diligente para solucionar o mais breve possível todas as pendências”.

Andressa Mota
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

onze + 4 =