Sistema híbrido de trabalho é a nova tendência

Foto: Pexels

O home office mostrou ter várias vantagens e com a volta da rotina o sistema híbrido se tornou opção

O trabalho remoto também chamado de home office foi a solução que mais mostrou resultados positivos para trabalhar de forma segura em relação a pandemia do novo coronvírus. De acordo com a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise covid-19 – 46% das empresas adotaram o modelo de trabalho home office. No começo grande parte dos trabalhadores encontrou dificuldades para se adaptar com o modelo de trabalho à distância. Computadores preparados para a demanda de trabalho, espaço adequado em casa para transformar em escritório, conciliação entre horários da rotina domiciliar e comercial foram alguns dos desafios. Em contrapartida, 94% das empresas entrevistadas, relatam terem ficado surpresas com a funcionalidade do trabalho remoto. Um meio de economizar energia, internet, VT (vale-transporte) e tempo. Enquanto os funcionários levavam até 1 hora de deslocamento para chegar ao escritório, o trabalho remoto demanda apenas o tempo de ligar o computador para iniciar o trabalho.

Fabiana Herculano, assessora de inovação do Linkedln (plataforma globalmente conhecida por conectar trabalhadores com empresas), destaca como o trabalho híbrido será o futuro das organizações: ‘O futuro é o trabalho híbrido. Não é sobre mudar o local de onde se trabalha, mas sobre como se trabalha. Profissionais e empresas precisarão atualizar suas capacidades tecnológicas e culturais. É hora de repensar jornadas e experiências digitais eficazes e acessíveis para colaboradores e clientes’.

Vale ressaltar que o trabalho hibrido é uma mistura entre trabalhar em casa como home office e trabalhar pessoalmente na empresa. Essa mistura pode ser boa no sentido de visitar a empresa, produzir e discutir produtos com certa facilidade na comunicação por estarem todos presentes para o que as start up chamam de “chuvas de ideia”, como também é bom dias em que você pode flexibilizar seus horários por estar em casa.

Para evitar as armadilhas do trabalho virtual é necessário realizar um planejamento estratégico principalmente no que se refere à liderança e gerenciamento. Em um ambiente com facilidade de dispersão e perda de engajamento dos colaboradores, presenciamos grandes empresas como o Yahoo!, juntamente com sua CEO Marisa Mayer, encerrar o trabalho remoto em 2013 alegando que as desvantagens do trabalho virtual em escala superaram os pontos positivos. No mesmo ano a HP Inc. declarou a necessidade de implementar estratégias para também superar este desafio. As perdas são referentes aos padrões de comportamento e interação social, confiança compartilhada, pontos importantes na cultura organizacional e podem sofrer se uma boa metodologia e habilidade de liderança não for implementada, por outro lado, empresas que conseguem se utilizar bem deste mecanismo já demonstraram o quanto a tecnologia pode alavancar os seus serviços.

Da redação

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

10 + 20 =