Supletivo público vira objeto de apelo ao Estado de SP

Foto: Claudinho Coradini/JP

Em matéria publicada na última sexta-feira (25) pelo Jornal de Piracicaba, mostra que o curso está alocado provisoriamente na Escola Técnica Estadual (Etec) Fernando Febeliano da Costa

Passou ontem pela Câmara Municipal, em votação unânime, uma moção de apelo aos governos estadual e municipal para resolver a situação precária de funcionamento do supletivo público de Piracicaba.

Em matéria publicada na última sexta-feira (25) pelo Jornal de Piracicaba, mostra que o curso está alocado provisoriamente na Escola Técnica Estadual (Etec) Fernando Febeliano da Costa, do Centro Paula Souza – entretanto, o prédio passa por obras.

Desde a semana passada, a reportagem do JP tenta gravar e fotografar a situação dos funcionários e alunos do Ceeja (Centro Estadual de Educação para Jovens e Adultos) Professor Antônio José Falcone, mas as assessorias da Secretaria de Educação do Estado São Paulo e Centro Paulo Souza não se entendem sobre quem deve autorizar o acesso ao espaço.

A moção aprovada no Legislativo é de autoria do vereador André Bandeira (PSDB). Endereçada ao governador do Estado, João Dória (PSDB), ao secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, e ao prefeito Luciano Almeida (DEM), o documento pede a disponibilização de um prédio para a continuação das atividades do Ceeja – a escola atende atualmente 2.651 alunos que devem fazer provas presenciais.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

quatro × quatro =