Tabela da Série A2 é divulgada e XV será a sétima equipe que menos viajará na primeira fase

XV viajará menos em 2021 e fará novamente sete jogos fora de Piracicaba: Elcio Fabretti

O ano de 2020 do XV de Piracicaba terminou em campo no último dia 16, mas o Nhô Quim teve tempo de, ainda neste ano, conhecer a tabela da primeira fase do Campeonato Paulista Série A2, divulgada recentemente pela FPF (Federação Paulista de Futebol). Assim como no ano passado, o Alvinegro fará oito jogos no Estádio Barão da Serra Negra e sete fora de casa, percorrendo 2.041,4 km (contando ida e volta), ficando menos na estrada em relação a este ano, quando viajou 2,454 km. No geral, o XV será a sétima equipe que menos quilômetros percorrerá nesta edição.

A estreia da equipe será justamente fora, diante do Sertãozinho, no dia 28 de fevereiro, no Estádio Frederico Dalmazo, em Sertãozinho, viajando 438 km (ida e volta). O primeiro jogo da equipe em março será em Piracicaba, diante do Velo Clube, no dia 7. No dia 10, a equipe irá para São Bernardo do Campo (360km) para enfrentar o EC São Bernardo. Logo em seguida, a equipe tem dois jogos no Barão, diante da Portuguesa (dia 14) e do Água Santa (dia 21). No dia 24, o Alvinegro terá sua viagem mais longa, na qual irá se deslocar para Santos (460 km), para enfrentar a Portuguesa Santista. No dia 28, o XV recebe o Monte Azul e fecha o mês no dia 31, diante do Oeste, em Barueri (140,6 km).

Em abril, o XV entra em campo pela primeira vez no dia 4, diante do Taubaté, em Piracicaba. No dia 7 a equipe vai até Campinas (140,6 km) enfrentar o Red Bull Brasil e volta ao Barão no dia 11, para enfrentar o São Bernardo FC. No dia 14, o time terá sua viagem mais curta, já que percorrerá apenas 76,8 km até Rio Claro, para enfrentar o Rio Claro. No dia 18, o Alvinegro recebe o Juventus e fará sua última viagem no dia 21, quando enfrentará o Audax, em Osasco (290 km). O XV fecha a primeira fase no dia 24, diante do Atibaia, em Piracicaba.

No total o time que mais viajará nesta edição é o Monte Azul, equipe situada mais ao norte do Estado na Série A2, percorrendo 5.158 km, superando por pouco o segundo colocado no quesito, o Sertãozinho (também localizado no norte do Estado), que viajará 5.003,2 km. O vizinho Rio Claro é o terceiro que mais viajará, com 2.904,4 km (aproximadamente dois mil quilômetros a menos que a dupla mencionada acima), com o Taubaté, do Vale do Paraíba, fechando esse Top-4, com 2.676 km. Logo na sequência aparecem o Red Bull Brasil (2.277 km), Portuguesa Santista (2.263,6 km), Velo Clube (2.259,6 km) e Oeste (2.166,4 km), respectivamente.

O São Bernardo FC é o nono na lista (ou oitavo que menos viajará, com 2.158,6 km), seguido pelo XV (10º no geral), com 2.041,4 km. As equipes que viajaram menos que o Nhô Quim são, da maior para a menor distância, o Água Santa e a Portuguesa (1962,2 km, cada um), o Audax (1897,6 km), Juventus (1876,4 km), Atibaia (1857 km), com o EC São Bernardo sendo a equipe que menos viajará nesta primeira fase, com (1797,8 km).

A viagem mais longa será do Monte Azul, que percorrerá aproximadamente 500 km para enfrentar o Taubaté. A reportagem não considerou o clássico de São Bernardo do Campo (já que ambos jogam no mesmo estádio) e nem o de Rio Claro (já que a distância entre os campos é de apenas 800 metros);

Os cálculos foram feitos pela reportagem do Jornal de Piracicaba, considerando a menor distância entre as equipes por meio do estádio que cada um joga como mandante (ex: a distância do Barão de Serra Negra ao Frederico Dalmazo é de 438 km, considerando ida e volta) e não representa necessariamente o caminho que será feito, já que cada equipe terá sua própria logística para as partidas.

Mauro Adamoli

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

8 + 17 =