Terminam as manifestações de caminhoneiros em rodovias da região

Comando da Polícia Rodoviária conversou com organizadores (Alessandro Maschio/JP)

A Polícia Rodoviária informou que terminaram as manifestações em rodovias da região na manhã desta quinta-feira (09). Em Rio Claro, próximo ao quilômetro 173 da Rodovia Washington Luís (SP-310), o protesto terminou por volta das 6h e no quilômetro 169, da Rodovia Geraldo de Barros (SP-304) perto do posto Bigaton, por volta das 10h30.

O comandante da Polícia Rodoviária da região de Piracicaba, Gustavo Maldonado Vieira disse que alguns caminhoneiros eram obrigados a estacionarem contra a sua vontade. “Alguns motoristas estavam em situações precárias, pois estavam lá desde às 22h de ontem (08), com dificuldades para sanitários ou alimentações. Entramos em contato com os organizados, que entenderam as necessidades dos condutores e houve a liberação sem represália”, disse Maldonado. Segundo ele, não houve incidentes ou acidentes registrados pela Polícia Rodoviária ao longo de 12 horas de manifestação em Piracicaba.

Alguns caminhoneiros eram obrigados a parar, segundo a Polícia Rodoviária (Alessandro Maschio/JP)

“Em outros trechos como as rodovias Anhanguera (SP-330) e Bandeirantes (SP-348) também já foram liberados o trânsito de caminhões. A Polícia Rodoviária no Estado agiu rápido para garantir a segurança dos cidadãos”, enfatizou o comandante.

MANIFESTAÇÕES

Dois dias após os atos antidemocráticos de 7 de Setembro, caminhoneiros que são a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro ainda promovem manifestações em rodovias de 15 Estados nesta quinta-feira, 9, causando transtornos e atrasos em cargas.

No boletim divulgado às 8h30, o Ministério da Infraestrutura informou que, com base em informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), eram registrados pontos de concentração “com abordagem a veículos de cargas” em 15 Estados. São estes: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará.

Caminhoneiros se concentraram em postos de combustível da região (Alessandro Maschio/JP)

Atualmente, na área do 3º BPRv (Batalhão da Polícia Rodoviária) existem quatro pontos onde ocorrem manifestações, todas de forma pacífica: Na região de Araraquara existem 02 (dois) pontos:

– Em Itápolis, na  SP 317, km 19 (área do DER) não há obstrução da rodovia. Cerca de 10 manifestantes parando caminhões. A princípio cerca de 30 caminhões parados na marginal.

Rodovias foram liberadas (Alessandro Maschio/JP)

– Em Araraquara – SP 310, entrada para SPA 268/310 (área de concessão da AB Triângulo do Sol) – Posto Morada do Sol – não há obstrução da rodovia. Cerca de 15 manifestantes.

– Região de São José do Rio Preto existe um único ponto: – Santa Adélia – SP 310, Km 360 (AB Triângulo do Sol) – Posto Fórmula 1 – não há obstrução da rodovia. Cerca de 10 manifestantes – informações de bloqueio da saída de caminhões do pátio do posto.

– Região de Ribeirão Preto existe um único ponto: – Franca – SP 334, Km 406+200, Norte (área do DER) – não há obstrução da rodovia. No Posto Painerão cerca de 100 caminhões parados. Cerca de 50 manifestantes pelo acostamento da rodovia desviando os veículos de carga para o pátio do posto. (Com informações da Agência Estado)

Cristiani Azanha

[email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze − sete =