Torcida Esquadrão consegue 600 kg de alimentos para doação

Alimentos chegam e são repassados às famílias carentes (Foto: Divulgação)

A TUE (Torcida Uniformizada Esquadrão), a principal torcida organizada do XV de Piracicaba, não está parada durante a quarentena, e concentra seu trabalho em ajudar os mais necessitados durante o isolamento social por meio de campanhas de arrecadação de alimentos, como explica Felipe Dario, o Gema, presidente da Esquadrão. “No começo da pandemia, cedemos o nosso barracão para o projeto ”Eu me importo”, que usaram o espaço para organizar as cestas que eles tinham conseguido e a partir daí, começamos a nossa própria arrecadação”, explicou.

Com o objetivo de ajudar principalmente as famílias mais carentes, A Esquadrão vem ajudando a Cufa (Central Única das Favelas) e a Comunidade Quilombola de Piracicaba, além de expandir a doação para as redes sociais, destinada principalmente para os piracicabanos que vivem em outras cidades e para as pessoas que não estão podendo sair de suas casas. “Já que não conseguiríamos deixar a sede aberta durante todo o tempo, abrimos três dias por semana e como tem bastante gente fora da cidade, colocamos uma vaquinha online para expandirmos os nossos meios de doações”, detalhou.




A campanha começou no último dia 13, com o barracão da Esquadrão recebendo as doações durante seis dias (segundas, quartas e sábados) durante duas semanas. Nesse tempo foram arrecadadas aproximadamente 600 kg de alimentos. “Continuarmos recebendo, já que tem bastante gente pedindo, já que, de todo o alimento que recebemos, sobraram cinco ou seis cestas”, comentou Gema, que ressaltou que a vaquinha virtual terminou com R$ 2.120,00 que serão usados para comprar mais alimentos.

Em relação as entregas, Gema disse que a maioria das cestas está sendo direcionada para as pessoas que mais estão precisando, porém o Centro Social Cáritas também vem recebendo os alimentos. “O Cáritas tem um banco de dados dos moradores da Pauliceia, na qual tem as famílias mais necessitadas. De ontem para hoje, conseguimos umas 15 cestas básicas para eles. Geralmente distribuímos para quem conhecemos nos bairros e as pessoas que ligam dizendo que estão passando necessidade”, explicou o presidente da Esquadrão, que entrará em contato com a Prefeitura para ver os bairros mais necessitados, a ordem das famílias que estão precisando para fazer a entrega.

A arrecadação continuará nesta sexta-feira (1º) e sábado (2), em que a sede da Esquadrão, que fica na rua São José, 1305, ficará aberto das 10 às 14h para receber as cestas e os alimentos avulsos doados. Em relação a vaquinha online, a Esquadrão se junta ao XV para receber as vendas online, por meio do link do clube no site da Nutricesta.

Sobre a recepção, Gema disse que as pessoas ficam grato com o gesto. “O pessoal se emociona, já que realmente estão precisando do básico. É difícil de acreditar que tem tanta gente perto de nós que estão passando por necessidades. Ao olhar no olho, você percebe o quanto é importante fazer uma ação dessas”, completou.

NUTRICESTA DO XV

Enquanto o futebol continua paralisado em razão da pandemia de covid-19, o XV de Piracicaba não fica parado e iniciou uma arrecadação de cestas básicas, que serão entregues aos mais necessitados em meio a quarentena propiciada pela doença. Para contribuir o interessado deve acessar o site da Nutricesta, entrando em um campo específico destinado para este propósito (https://nutricesta.cakeweb.com.br/cesta-doacao-xv-de-piracicaba). Cada cesta terá 25 itens, entre alimentos e produtos de higiene pessoal e limpeza.

Efetuada a compra, que pode ser parcelada em até seis vezes no cartão, será gerado um número do pedido, que será utilizado posteriormente em um sorteio, a ser realizado pela loja XV Mania, de uma camisa oficial do clube. As cestas arrecadas serão destinadas ao Banco de Alimentos do Fundo Social de Solidariedade, que fará o repasse às famílias selecionadas pelos Cras (Centro de Referência de Assistência Social), seguindo os critérios estabelecidos para benefícios eventuais.

“Devido à quarentena, que, segundo os especialistas, se faz extremamente necessária nesse momento, há a preocupação com as pessoas que possuem uma renda familiar, que já é baixa, bem prejudicada. Por outro lado, pensamos em uma forma segura para que as pessoas pudessem fazer as doações e vimos no online uma boa opção neste instante”, disse o diretor-adjunto de comunicação e marketing do clube, Danilo Maluf, que completa.

“Há ainda outras vantagens, que englobam a possibilidade de diluir o valor em algumas prestações, de acordo com o que for melhor para cada um, e o fato de ela poder ser feita a qualquer hora do dia. Até por isso, não colocamos um prazo para que a ação se encerre. Conforme uma boa quantidade for somada, as cestas já serão destinadas pela Nutricesta para o Banco de Alimentos do Fundo Social de Solidariedade, iniciando-se um novo montante”, completou.