Trabalhador rural desaparece após ir ao banco para sacar pagamento

Carlos Gabriel da Silva Araújo está desaparecido desde terça-feira (7)

O trabalhador rural Carlos Gabriel da Silva Araújo, 18, desapareceu após ir a uma agência bancária, na Praça José Bonifácio para descontar o cheque do seu pagamento, na última terça-feira (7). Os familiares do rapaz, disseram que ele não tem amigos, pois mudou-se para Piracicaba no início do ano, para trabalhar na safra da cana. Ele veio de uma cidade do interior do Pernambuco. O caso está sendo investigado pelos policiais civis da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais).

O pai do trabalhador, o motorista Cícero Gabriel de Araújo, 41, disse que seu filho não tem problemas de saúde e nunca desapareceu de casa.

“Meu filho se mudou para a casa da minha irmã, em Piracicaba, no início do ano. Ele veio para cá para trabalhar. Na terça-feira (7) ele foi até um banco acompanhado de um colega de trabalho. O colega entrou e Gabriel ficou sentado por algum tempo no banco da praça. Quando o colega voltou, meu filho não foi mais visto”, disse Cícero.

O pai do rapaz disse que, por meio da Polícia Civil, conseguiram ter acesso à gravação do sistema de segurança da agência bancária. Pelas imagens é possível constatar que Gabriel permaneceu o tempo todo sozinho. Ficou sentado no banco da praça, enquanto o colega entrou no banco. Depois também entrou na agência e saiu.

“Depois que saiu do banco, meu filho foi até a esquina, olhou de um lado para o outro e depois saiu caminhando. Em nenhum momento foi possível ver alguma pessoa perto dele. Estamos desesperados. Ele não sabe andar na cidade e conhece pouca gente por aqui”, desabafou o motorista.

Quem tiver alguma informação sobre a localização do trabalhador pode ligar para os telefones 197 da Polícia Civil, 190 da Polícia Militar ou 153 da Guarda Civil.

Cristiani Azanha

[email protected]