Três indivíduos são levados à delegacia pela GCM para averiguação de roubo

Foto: Claudinho Coradini/JP

Três indivíduos foram conduzidos à delegacia, em Capivari, Região Metropolitana de Piracicaba, para esclarecimento de um suposto crime de roubo. O caso ocorreu na madrugada desta terça-feira (19) e foi atendido pela GCM (Guarda Civil Municipal).

Agentes da GCM informaram que faziam patrulhamento de rotina pelo município, quando, ao passar pela praça da alameda Faustina Franchi Anichino, na região do bairro São Luiz, flagraram realmente três indivíduos próximos um do outro. Como eles não aparentavam nada de ilícito, os guardas seguiram patrulhamento e pararam em um posto de combustíveis a alguns quarteirões dali.

Cerca de 15 minutos depois, o condutor de um veículo acionou a GCM de volta à praça para atender uma ocorrência de briga. Lá chegando, os guardas perceberam que eram os três indivíduos que se atracavam.

Abordados, um dos indivíduos, de 33 anos, contou que estava sendo vítima de um roubo por parte dos outros dois sujeitos, de 18 e 26 anos, e que eles teriam se apropriado de seu aparelho celular. Já os sujeitos de 18 e 26 anos negaram o roubo, disseram que são usuários de drogas e que o indivíduo de 33 anos teria entregue um celular em troca de alguns pinos de cocaína. Ocorre que, após a transação, o homem teria ido atrás dos dois para pegar o celular de volta, o que veio a culminar na briga.

Na delegacia, os policiais pediram ao indivíduo de 33 anos, que se dizia dono do celular, para que desbloqueasse o aparelho, provando, assim, ser o verdadeiro dono. Ele, contudo, não soube desbloquear o aparelho. O celular também não dispunha de fotos ou quaisquer contatos que apontasse um possível dono.

Os agentes da GCM disseram ao delegado não terem flagrado o roubo. Disseram apenas que encontraram os três indivíduos brigando enquanto exerciam suas atividades. Eles também não encontraram testemunhas.

O caso foi registrado como averiguação de roubo. O delegado procedeu a tomada de atos investigativos e de colheita de informação a fim de apurar com maior precisão o que de fato ocorreu.

Rafael Fioravanti | [email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

12 − 3 =