Trilhas nordestinas no inverno

Foto: Pexels

Um dos passeios imperdíveis fica na Serra de São Bento, localizada a 130km de Natal, Rio Grande do Norte

Para a maioria dos paulistas o nordeste é visto como um bom plano de viagem para aproveitar as praias de águas quentes e areia branca. Não é errado pensar assim, mas não é só de praia que se vive o turismo nordestino e pode ser um ótimo lugar a se passar no inverno.
O lugar a se falar hoje é a Serra de São Bento há 130km de Natal, capital do Rio Grande do Norte.
Para chegar na cidade de São Bento é necessário viajar de carro e é perceptível saber que está se aproximando do lugar, pois um caminho de flores nativas começa a surgir nas beiradas da estrada.
O motivo é devido ao um projeto filantrópico chamado de ‘Vamos Florir a Serra’, que planta as flores por toda a cidade, principalmente nos locais mais públicos como praças e parques por exemplo. As flores são bem coloridas e perfeitas para tirar fotos, além de atrair pássaros e abelhas e borboletas para dentro da cidade dando uma sensação proximidade com a natureza.
A região tem uma população bem pequena e vive uma economia rural então tudo que você consumir lá, provavelmente foi fabricado no local. Também é importante informar para já levar dinheiro sacado, pois a cidade não possui bancos, mas a maioria dos comércios aceitam cartão.
A comida da cidade também é muito boa e com preço bom se comparado a capitais. Na cidade o frio não tem vez e servem funde de carne com vinho para duas pessoas no preço de R$84 dependendo da pousada que estiver.

AVENTURA

Nessa região de serras é inegável não participar de trilhas. O viajante pode escolher pacotes com guias e horários para os passeios ou pode simplesmente fazer sozinho se aventurando nas paisagens naturais da região. Por se tratar de serras a vegetação é mais baixa com gramas e campinas, mas é necessário vestir bons tênis de caminhada ou de escalada, pois a distâncias são grandes a serem percorridas e as subidas são constantes.
Mas tudo isso é compensado, pois as vistas são sempre muito belas e silenciosas nos topos dos montes.
Existem várias trilhas como a do Quênia Dourado, Cruzeiro, Paraíso e muito mais. Uma das trilhas mais famosa é a Travessia Das Doze Pedras, onde a pessoa ao longo de 13km irá passar por 12 pedras, grutas, subidas ao mirantes e zonas rurais. Se por acaso achou isso muito puxado, não se preocupe, ao longo de todo percurso existem paradas para descansar com pontos para beber água.
Outro lugar a se aventurar é a Pedra da Boca, um dos lugares mais famosos da região onde se faz quase tudo no sentido se aventurar, porque é lá onde é mais procurado para fazer escaladas, rapel e caminhadas. Há também outras pedras ao redor com nomes diferentes que definem bem como elas se parecem como a Pedra do Coelho e a Pedra da Caveira, ambos lugares cercados por natureza e perfeitos para se fotografar.
A dica para aproveitar bem esses passeios é procurar pacotes com guias, pois assim você não se perde nas trilhas e conhece muito mais da história de cada lugar que está passando, vendo assim, com outros olhos a aventura desbrava.

Larissa Anunciato

[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quinze + 18 =