Tutora deixa cão idoso no CCZ e cospe em vereadora

Cão ficou desesperado em baia do CCZ (Moreno Moura)

O abandono de pequeno porte de mais de dez anos que foi deixado pela própria tutora no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) acabou em confusão. Ela teria mentido para servidores alegando que acabara de localizar o animal na rua e não poderia ficar com ele.

Dias antes, a mesma tutora, um autônoma de 34 anos tinha procurado a protetora e vereadora Alessandra Bellucci (REP) alegando que queria se desfazer de seu pet. Naquela ocasião, a parlamentar teria relatado que seria necessário que arrumasse um outro lar, caso não pudesse mais ficar com ele, mas jamais abandoná-lo.

Tutora foi detida pela Guarda Civil (Moreno Moura)

“Eu pedi que me enviasse fotos do cão, para que a gente tentasse arrumar um outro lar, para que pudesse ser contato. Mas para a minha surpresa, depois de alguns dias, estive no CCZ para uma visita e reconheci o cão que latia desesperadamente em uma das baias. Ele queria voltar para a sua casa e não entendia o que fazia naquele lugar. Eu não consegui dormi naquela noite”, afirmou Alessandra.

Segundo a vereadora a tutora afirmou que o cão dormia com ela na cama, mas depois decidiu colocá-lo no quintal, onde tinha mais cachorros, que não os aceitava. “É preciso que as pessoas entendam que os animais não são descartáveis. O cão estava acostumado a ficar dentro de casa e depois de um dia para outro vai para o quintal. Sem contar, que ela mentiu para os servidores, alegando que tinha localizado um cão, que na verdade era dela. Depois de esclarecido o caso soube que o cão seria devolvido para a proprietária, pois o Centro não fica com cães que têm donos”, relatou. A parlamentar alegou que Piracicaba precisa de uma Coordenadoria de Bem-Estar para os animais, pois o CCZ são para casos de animais atropelados e doentes, jamais sadios.

Cão foi adotado pela vereadora Alessandra (Moreno Moura)

“Quando estivemos na casa dela, ela ficou alterada e cuspiu no meu rosto. Ela foi contida pelos guardas e levada até a delegacia, onde será responsabilizada. Mas assinou o termo de adoção do cão, e hoje ele está comigo e protegido”, enfatizou a vereadora.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

18 + 3 =