TV Brasil homenageia ator Luis Gustavo com filme Casinha Pequenina

0
2 views

TV Brasil homenageia ator Luis Gustavo com filme Casinha Pequenina
Fonte: Agência Brasil

A TV Brasil apresenta hoje (21), em tributo ao ator Luis Gustavo – que faleceu neste domingo (19) -, o clássico Casinha Pequenina, de 1963. O filme será exibido no Cine Retrô, às 22h30, e homenageia o ator de 87 anos que interpretou o personagem Bento no clássico.

Em sua trajetória, Luis Gustavo atuou em papéis memoráveis na dramaturgia que são referência na história da televisão brasileira. Entre os principais, o protagonista Beto Rockfeller na novela homônima de 1968, produção da TV Tupi que revolucionou a linguagem televisiva.

Luis Gustavo também é lembrado por papéis cômicos. Ele fez o atrapalhado detetive Mario Fofoca, na trama de Elas por Elas (1982); o divertido estilista Victor Valentim, na primeira versão de Ti Ti Ti (1985); e o inescrupuloso radialista Juca Pirama, em O Salvador da Pátria (1989).

Outro personagem muito querido pelo público e presente na memória dos fãs é o tio Vavá, do humorístico Sai de Baixo (1996 a 2002). Criador do sitcom ao lado do diretor Daniel Filho, Luis Gustavo fez rir com o patriarca da família e síndico do fictício condomínio no Largo do Arouche, em São Paulo.

Natural de Gotemburgo, na Suécia, Luis Gustavo era filho de um diplomata espanhol e veio para o Brasil ainda na infância. Cunhado do autor de novelas Cassiano Gabus Mendes, pioneiro da televisão brasileira, o homenageado da emissora pública iniciou a carreira na extinta TV Tupi.

Com carisma e personalidade, o premiado artista atuou em mais de 50 produções nas telinhas, fez filmes e também peças de teatro. Ele era tio dos também atores Tato Gabus Mendes e Cássio Gabus Mendes. Luis Gustavo tratava um câncer desde 2018 e faleceu em Atibaia, cidade paulista onde residia há anos.

Início da trajetória nas telonas

Considerada a obra-prima do humorista Amácio Mazzaropi, a comédia Casinha Pequenina tem o término da escravidão como pano de fundo e mostra a luta contra os interesses de senhores de engenho. O longa é um dos maiores sucessos da filmografia do ator e diretor ao lado de Jeca Tatu, de 1959.

Em início de carreira, no segundo filme após uma ponta em O Sobrado (1956), o ator Luis Gustavo interpreta o personagem Bento, amigo do protagonista Nestor – papel do então estreante nas telonas Tarcísio Meira. O galã viveu o filho do casal Chico e Fifica, respectivamente, Amácio Mazzaropi e Geny Prado. Eles trabalham para o fazendeiro Coronel Pedro (Roberto Duval).

O rico produtor rural escravista envolve seu humilde empregado em uma tramoia. O colono de bom coração e sua família são coagidos em uma farsa para o patrão se livrar de duas mulheres que o chantageiam por causa de um assassinato do passado. Apesar do plano, o filho do colono se encanta por uma das mulheres e não acredita nas acusações que seu amigo tenta esclarecer.

Ficha técnica
País: Brasil
Ano: 1963
Gênero: comédia
Direção: Glauco Mirko Laurelli
Elenco: Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Roberto Duval, Tarcísio Meira, Edgard Franco, Astrogildo Filho, Guy Loup, Luis Gustavo, Marly Marley, Marina Freire e Ingrid Tobias.
Duração: 95 min
Classificação: Livre
Serviço: Cine Retrô // Casinha Pequenina
» Terça-feira, 21 de setembro, às 22h30
» Quarta-feira, 22 de setembro, às 3h45

TV Brasil homenageia ator Luis Gustavo com filme Casinha Pequenina

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

seis + dezessete =