Uma administração inovadora à frente da Prefeitura de Piracicaba

Turismo sustentável, ampliação dos profissionais de saúde e geração de empregos serão prioridades. / Foto: Divulgação.

O professor aposentado e empresário Zé Pedro, 68 anos, é piracicabano filho do casal  Maria Rezende Leite da Silva e Joaquim Amantino Leite da Silva. Ele é o candidato do PL, na chapa Inova Piracicaba na disputa da prefeitura. Zé Pedro é  bacharel em Administração de Empresas e Contabilidade pela Unimep, com pós-graduação e mestrado em Finanças e Atuariais na Puc-SP. O candidato foi vereador em cinco mandatos consecutivos entre 1992 e 2012, assumiu como Secretário de Turismo – entre janeiro de 2005 e abril de 2006. Na chapa, a advogada Vivian Previde, 36 anos,  é a sua vice.

Como o senhor assume a prefeitura durante a pandemia de covid-19, quais serão as medidas adotadas por sua administração diante da situação da saúde pública?

O descaso com a saúde pública no município só ganhou evidência durante a pandemia, não dá mais para imaginar que ainda temos filas de pessoas precisando de um exame ou uma cirurgia eletiva e lamentavelmente não os tem. Saúde será prioridade no meu governo. Criarei o “Conecta Saúde”, um sistema que integra todas as informações dos usuários do SUS, isso gerará agilidade no atendimento. Zerarei as filas de cirurgias eletivas com ampliação do quadro de profissionais e da estrutura física dos postos de saúde, e também parcerias com a Santa Casa e Hospital dos Fornecedores de Cana. Criarei uma política de valorização do salário dos profissionais de saúde para um atendimento humanizado. Instalarei um pronto-socorro exclusivamente infantil e um atendimento separado para os idosos.

A cidade de Piracicaba enfrenta problemas no abastecimento de água. Quais suas propostas para essa questão? Está em seu programa de governo a privatização do Semae?

A falta de água em alguns bairros da nossa cidade é uma incompetência da atual administração municipal, que deveria investimentos para levar água para todos e não fez. No meu governo será diferente, ampliarei a captação e a rede de distribuição, a fim de acabar com a falta de água em Piracicaba.  Entendo que a privatização do Semae é não uma alternativa.

Atualmente o tratamento do esgoto é prestado por um contrato PPP (parceria público privada), se eleito, o senhor pretende manter essa forma de contrato? Em caso negativo, qual sua proposta?

Como empreendedor, reprovo o que foi feito com o Semae com transferência de toda a captação de esgoto para uma empresa privada, porque o Semae perdeu a sua capacidade de investimento e a população está pagando muito caro, com a falta de água, a falta de qualidade, pelos vazamentos que ocorrem em toda nossa cidade. Temos uma perda de 46% da água tratada. Farei uma revisão imediata neste contrato PPP.

O transporte público é outro serviço que tem sido alvo de críticas dos usuários, quais suas propostas para o setor?

Na pandemia, o transporte público municipal foi um dos piores. Além de uma quebra de contrato, ainda se reduziram de 200 para 80 ônibus. No meu governo, mudarei isso: investirei em ônibus novos com Wi-Fi e ar condicionado, se necessário for, farei financiamento do próprio município, para que a população tenha um transporte digno, com qualidade e com um preço acessível.

Com a pandemia de covid-19 empresas e comércio fecharam as portas ou reduziram a produção, algumas demitiram funcionários. Como retomar a produção, incentivar o comércio e atrair empresas para Piracicaba?

Passamos por um dos piores momentos da história, além da séria crise de saúde e vem agora a crise econômica, houve um aumento de 18% de desempregados em Piracicaba, comparado com o mesmo período de 2019. No meu governo, garantirei emprego e renda a todo piracicabano, sei bem que o desemprego gera mais inseguranças e incertezas. Já para pessoas de 17 aos 24 anos que são as mais afetadas pela falta de vagas no mercado de trabalho, criarei o “Banco do Primeiro Emprego” para facilitar o acesso das pessoas ao mercado de trabalho. Implementarei o “Poupatempo do Empreendedor” para facilitar a abertura de novas empresas. 

Em seu plano de governo, quais áreas são prioridades e, de forma bem resumida, quais as propostas para elas?

Temos a meta de realizar uma administração inovadora à frente da Prefeitura e como principal foco a reativação do turismo sustentável, projeto “Indústria sem Chaminé 4.0”, para que Piracicaba volte a crescer de forma sustentável. Transformarei a Piracicaba real na Piracicaba ideal para morar, investir, trabalhar e visitar. Para isso, equilibraremos os investimentos do Poder Público para transformar a nossa cidade com grandes atrativos para investimentos, não só no setor industrial, mas também no setor de serviços, em especial nas áreas de turismo, lazer, gastronomia, inovação, tecnologia e tantos outros. A Educação será estabelecida como princípio fundamental de desenvolvimento social, econômico e cultural da população, inclusive com a garantia de creche integral para todos. Na Saúde, criarei um sistema integrado, ágil e sem filas, com ampliação da infraestrutura e da equipe de atendimento nas UPAs e ampliação dos leitos hospitalares. Já na Segurança, implementarei de bases da Guarda Civil Municipal em regiões territoriais distritais. No transporte público, reavaliarei o contrato com a empresa de transporte coletivo para redução do valor da tarifa e garantirei ônibus de melhor qualidade com Wi-Fi e ar-condicionado, fornecendo transporte público eficiente e agradável à população.  No abastecimento de água, implantarei o programa “Usou Pagou”, onde só paga o que usa, além de implantar um plano emergencial para redução de perdas e vazamento de águas tratadas, assim como o plano de desenvolvimento e ampliação do nosso sistema, do fornecimento de água, captação e tratamento de esgoto.

Pretende aumentar (ou manter) verba para a OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba)?

A OSP é muito válida para a cultura e também a educação de Piracicaba, além de ser muito representativa e fazer parte da história da cidade. Ressalto que merece reconhecimento e respeito. Executarei políticas públicas que beneficiem Piracicaba e seus cidadãos, por isso, vamos estudar melhores verbas para a OSP e também para diversas instituições que melhoram a vida das pessoas.

Como pretende melhorar a segurança na cidade?

No meu governo segurança pública será efetiva, eficaz e próxima da comunidade. Para isso, colocarei a base da Guarda Civil Municipal em todas as regiões da cidade e também na zona rural. Fortalecerei a guarda municipal para que desenvolva um trabalho efetivo de prevenção a crimes e para a segurança da mulher vamos ter um olhar atento e humano. Treinar os nossos policiais para atuarem de maneira exemplar, proporcionando o acolhimento e a segurança para as mulheres, com o uso de tecnologia, melhoria de armamentos e equipamentos defensivos para que a Guarda Civil Municipal possa atender as demandas da população.

Há planos de reforma ou solução para a praça José Bonifácio?

A praça José Bonifácio será reformada junto com todos os prédios e locais que são ou serão utilizados na implementação do Turismo em Piracicaba, instituindo assim ações de reconhecimento e valorização dos nossos artistas locais, que devam ocupar os espaços de cultura e até com a criação de festivais nas várias áreas culturais para o desenvolvimento de novos artistas, com música, teatro e artes em geral.

Como pretende estimular o crescimento econômico da cidade?

Criarei uma força tarefa para garantir a redução do desemprego, ocupando toda mão de obra não qualificada em frentes de serviços, incentivadas através do Banco do Povo. Criarei novos empreendedores individuais, cooperativas e profissionais liberais, com incentivos fiscais, de espaços e de infraestrutura, que serão financiados pelo Governo Municipal, tendo como meta a criação de novos negócios e novos empregos, em busca do “Desemprego Zero”. Para isso, simplificarei o processo de abertura de novas empresas, renovação e ampliação de prazos das licenças municipais, inclusive com a criação de um “Simples Municipal” para as pequenas e médias empresas de Piracicaba, assim como simplificação e facilidades no pagamento dos tributos municipais. Para atrair novos investimentos e fomentar os já existentes, prometo fortalecer o Comedic, com o projeto “Ninguém Fecha!”, com criação imediata de um grupo de estudos para atrair novos investimentos para a Piracicaba. Vamos mapear, identificar e cadastrar capacidades produtivas e de fornecimento de matérias-primas, de forma a ampliar e diversificar nosso parque industrial.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 × 1 =