Unidade do Semae em Tanquinho é furtada e gera prejuízo de R$ 1.300

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Piracicaba informou que os cabos de alimentação de energia elétrica do poço de Tanquinho foram furtados neste sábado (27), gerando um prejuízo de R$ 1.300 reais. Esse crime acontece apenas três dias após o furto de cabos na Estação Elevatória do Kobayat Líbano.

A Guarda Civil esteve no local e constatou o furto. Ao todo, foram levados 16 metros de cabo PP 3×25 mm, seis terminais de compressão de 35 mm e seis luvas de emenda de 35 mm. Equipes do Semae realizaram o reparo e o abastecimento foi restabelecido no sábado mesmo.

“Os furtos estão acontecendo de forma recorrente e já pedimos reforço de patrulhamento da Guarda Civil. A situação está ficando insustentável. Além de causar prejuízo aos cofres do Semae, prejudica também os usuários que não possuem caixa d’água domiciliar, pois ficam imediatamente desabastecidos”, comentou Mauricio Marques de Oliveira, presidente do Semae.

FURTO ANTERIOR — No dia 24, a Estação Elevatória do Kobayat Líbano, uma das unidades do Semae, também foi invadida e furtada. Foram levados aproximadamente R$ 6.000 em cabos de energia que alimentam os motores da estação, deixando desabastecidos os bairros Novo Horizonte, São Jorge, Água das Pedras e toda a região do Nova Suíça, Volta Grande e Água Bonita . De acordo com Boletim de Ocorrência, além dos materiais, foi avaliado prejuízo de mais R$ 3.000 em mão de obra.

Em outubro, a Casa de Bombas do Semae, no bairro Pauliceia, foi furtada duas vezes na mesma noite. Foram levados cabos da entrada de energia, o que causou o desabastecimento em cerca de 20 bairros. Cerca de 15 dias depois, criminosos furtaram também os cabos e sensores do sistema de telemetria dos reservatórios de água do bairro Boa Esperança.

Foto: Divulgação

Rafael Fioravanti / [email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

nove + 4 =