Esalq afirma que terá vestibular da Fuvest no fim de ano | Divulgação

A Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz) e a Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) informaram esta semana que o calendário do vestibular do fim de ano está mantido, mesmo com o adiamento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Depois de muitos pedidos feitos por estudantes para que a prova fosse adiada devido a epidemia da covid-19, o MEC (Ministério da Educação) revelou que agendará outras datas para aplicá-lo.

Vestibulares de universidades particulares também têm vagas destinadas para estudantes por intermédio do Enem, e as novas datas começaram a ser estudadas pelas instituições. A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) informou que os números de livros obrigatórios para a realização da prova precisou ser diminuído de 12 para sete, por causa do acesso aos materiais e tempo de estudo que foi impactado pelo novo coronavírus.

As universidades federais, que são a maioria de vagas no Sisu, já haviam pedido o adiamento da prova e pontuou para que fossem discutidas também as condições de segurança sanitária em que o exame será realizado.

Na Esalq, a diretoria e comissão de graduação, em nota enviada ao Jornal de Piracicaba, reforçam que o calendário do vestibular Fuvest está mantido. “Mas se for necessário pode ser alterado, pois tudo pode mudar em função dos resultados dos próximos meses, de como a situação da pandemia irá se desenvolver. Como unidade da Universidade de São Paulo, a Esalq segue as orientações da reitoria da USP sobre o calendário do vestibular da Fuvest e Sisu”. Neste comunicado, a Esalq afirma que é favorável a todas as decisões que visem não prejudicar os atuais e futuros alunos.

Sobre o ano letivo, na diretoria e comissão da universidade apontam que 99% das disciplinas são atualmente oferecidas de forma remota e, por esse motivo, poucas alterações serão necessárias nas datas para encerramento das atividades do semestre. “Todos os professores estão realizando adaptações para que possamos oferecer atividades da melhor maneira possível nesse momento”, completam na nota.

Já a Unimep, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que o calendário do processo seletivo será mantido “normalmente” e que será considerando as determinações do Ministério da Educação. “A universidade oferece, além das Provas Tradicional e Agendada, a possibilidade do candidato utilizar a pontuação do Enem, sendo válidas as notas de todas as edições anteriores. Também conta com outras formas de ingresso que não necessitam de vestibular, como transferência externa e portadores de diploma interessados em cursar uma nova graduação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × 3 =