Usina de cana é multada em R$ 21 mil por incêndio em vegetação

Autuação foi feita pela Operação Huracan deflagrada pelo Gaema MP com apoio da PM Ambiental

Uma usina de cana-deaçúcar localizada em Piracicaba foi autuada em R$ 21 mil por uma série de infrações relacionadas a queimadas. A autuação foi feita na segunda-feira pela Polícia Militar Ambiental, dentro da ‘Operação Huracan’ deflagrada pelo Ministério Público do Estado de São Paulo por meio do Gaema (Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente).

A ação teve início na segunda-feira e termina hoje em todo o Estado. De acordo com o comandante da Polícia Militar Ambiental da Região de Piracicaba, capitão Helington Ilgges da Silva, as autuações em Piracicaba foram feitas em um local que já era monitorado como foco de incêndio. “Fomos até o local, vistoriamos e detectamos essas questões que resultaram em pouco mais de R$ 21 mil”, afirmou. Segundo o militar, a operação tem foco na prevenção de incêndios florestais com fiscalização e vistoria, principalmente na prevenção das 20 usinas e outros locais mapeados na região. “Com esses dados, vistoriamos o plano de prevenção a incêndio que a usina e o produtor canavieiro têm, verificando se está em funcionamento e em condições de combater e prevenir o incêndio na cana que, neste ano, tem previsão de ser maior que o ano passado”, explicou.

Entre as ações, os proprietários e produtores rurais serão orientados quanto às medidas de prevenção, como a manutenção dos aceiros nos canaviais e os planos de prevenção contra incêndio. Margens de rodovias (faixas de domínio), ferrovias, zonas de amortecimento de unidades de conservação e outros pontos de vulnerabilidade para incêndios também serão alvo do policiamento preventivo. O nome “Huracan” faz alusão à mitologia maia, sendo o deus responsável por catástrofes naturais com a invocação de elementos como o vento, fogo e terra. A promotora Alexandra Faccioli Martins informou que há inquérito civil no Gaema em Piracicaba acompanhando a implementação das medidas de prevenção e combate a incêndios florestais e em canaviais, no âmbito da Operação Corta-fogo.

Beto Silva

[email protected]

Leia Mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

cinco × 2 =