Valor pago por limpeza de banheiros públicos é três vezes maior do que o necessário

Banheiro da Praça Takaki necessita de manutenção. (Foto: Amanda Vieira/JP)

Um orçamento solicitado pelo Jornal de Piracicaba a uma empresa prestadora de serviços de limpeza para que realizasse a manutenção de 23 sanitários públicos da cidade apresentou um custo de quatro vezes menos o valor pago pela Prefeitura de Piracicaba pelo serviço.

O Grupo CGS Soluções Patrimoniais e Facilities apresentou um custo mensal com limpeza periódica de 23 banheiros, de segunda-feira a domingo, com 12 auxiliares de limpeza, em escala rotativa, incluindo folguista, supervisão diária, kit produtos e equipamentos, no valor de R$ 68,545 mil. Ao ano, este valor seria de R$ 822,540 mil, ou seja, quatro vezes menor que os R$ 3,413 milhões desembolsados atualmente pela prefeitura para o serviço.

O empresário Pedro Magalhães, representante do grupo, questionou o fato de a Prefeitura de Piracicaba não contratar empresas da cidade.

“Por que não se faz uma solicitação às empresas de Piracicaba quando se trata de terceirização? Por que buscar fora o que temos na cidade? Hoje contamos com diversos serviços de terceirização desde limpeza e segurança patrimonial, não falo apenas do meu grupo como tantas outras do ramo instaladas em Piracicaba”, afirmou.

Magalhães disse que nunca participou de processos licitatórios da prefeitura e não trabalha com o setor público.

Ao comentar o contrato milionário da prefeitura para a limpeza dos sanitários, o empresário disse que o valor de R$ 3,4 milhões pagos por ano representa R$ 283 mil ao mês, o que – segundo ele – seria possível colocar por dia três funcionários por banheiro divididos nas 24 horas, o que não é a realidade.

“Alguns banheiros com maior fluxo exigem uma atenção maior, outros nem tanto, o que uma equipe de 12 pessoas seria mais que suficiente para manter a limpeza e conservação destes 23 banheiros públicos”, garantiu.

“Este valor de R$ 3,4 milhões por ano daria para manter a limpeza do triplo ou mesmo mais de banheiros, dependendo da gestão implantada”, acrescentou.

Nesta semana, o JP noticiou que a Prefeitura de Piracicaba vai gastar, neste ano, R$ 3,413 milhões com a limpeza dos banheiros públicos. O valor está previsto no contrato firmado em abril com uma empresa de saneamento e serviços gerais.

De acordo com as respostas enviadas à Câmara Municipal, a pedido do vereador Laércio Trevisan (PL), o contrato prevê a prestação de serviços de limpeza, manutenção das condições adequadas de salubridade e higiene nos sanitários públicos com fornecimento de equipamentos, materiais e mão de obra.

Beto Silva
beto [email protected]