Van escolar com 12 crianças e adolescentes tomba no Glebas Natalinas

Van foi atingida por um carro (Alessandro Maschio/JP)

Uma van escolar com 12 crianças e adolescentes com idades entre 3 a 15 anos tombou, após ser atingida pelo motorista de um Corsa que supostamente seguia em alta velocidade. A colisão ocorreu por volta das 6h30 na rua Angelina dos Santos Silva, no Glebas Natalinas.

Um adolescente de 13 anos sofreu fratura em um dos braços. Ele foi encaminhado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Rezende, mas foi transferido à COT (Central de Ortopedia e Traumatologia). Segundo a Secretaria de Saúde, o estudante também com escoriações e ferimento em região parietal da cabeça. Estava consciente, orientado e sinais vitais estáveis. Também fez exame de Raio-X.

Van escolar tombou e foi arrastada por alguns metros (Alessandro Maschio/JP)

A monitora relatou que estava na parte de trás do veículo com algumas crianças, quando a van foi atingida pelo carro. Devido ao impacto a van tombou e foi arrastada por alguns metros. “A motorista atua na área há 12 anos, ela fez o que pode para controlar a van e evitar que acontecesse algo pior”, relatou. “O motorista do outro carro disse que tinha saído do serviço e estava a caminho de sua casa quando tudo aconteceu”, completou.

Agentes da Semuttran e PM estiveram no local (Alessandro Maschio/JP)

Segundo ela, a van transporta alguns crianças e adolescentes para várias escolas da cidade. “Devido as alterações no trânsito, passamos por esse trajeto há um mês”, afirmou a monitora.

Apesar de todos, aparentemente, estarem bem, os bombeiros e os socorristas da Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram acionados. “Uma das crianças que teve apenas ferimentos leves foi imediatamente atendida”, acrescentou.

Monitora, motorista e uma criança tiveram ferimentos leves (Alessandro Maschio/JP)

A Polícia Militar e agentes do Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes) foram acionados para atuarem no controle do trânsito até as remoções dos veículos envolvidos no acidente.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × um =