Vendas devem aumentar até 10% para o presente de Dia dos Pais

Maioria (45%) pretende gastar entre R$ 70 a R$ 100

Enquete realizada pela CDL Piracicaba nos corredores comerciais foi feita com 95 lojistas e 160 consumidores

Entidades ligadas ao comércio de Piracicaba estimam aumento de até 10% nas vendas para o Dia dos Pais, comemorado no próximo domingo (8). O Sincomércio Piracicaba estima um crescimento até 10% neste ano, na comparação com a data de 2020. “É bom lembrar que a base de comparação é fraca, sendo que em agosto do ano passado o comércio de Piracicaba estava com várias restrições, devido ao Plano São Paulo”, destacou o presidente da entidade, Itacir Nozella.

Segundo ele, alguns segmentos do varejo como vestuário, calçados e acessórios devem ter um crescimento ainda maior, mas com a inflação dos alimentos em alta, no geral, o incremento deve ser de cerca de 10%. Na comparação com outras comemorativas, o Dia dos Pais, normalmente, ficava em último lugar em volume de vendas, atrás do Natal, Dias das Mães e Dias dos Namorados, porém, neste ano, deve ser a melhor época de vendas para o comércio, conforme destaca Nozella. “Isso porque as lojas estão funcionando praticamente sem restrições por conta da pandemia, dando uma visão mais otimista e de recuperação ao setor”, apontou. Enquete realizada pela CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Piracicaba foi feita com 95 lojistas e 160 consumidores traça uma estimativa de volume de vendas, itens mais procurados e valores médios dos presentes). A expectativa dos comerciantes ouvidos pela câmara é de um aumento de 10% nas vendas em relação ao ano passado. Já os consumidores abordados revelaram que as confecções são as principais opções para presentear os pais. Segundo a CDL, 52% dos entrevistados apontaram o item como preferência.

A maioria (45%) dos consumidores informou a intenção de gastar entre R$ 70 a R$ 100 com o presente dos pais. O restante revelou intenções de investir de R$ 60 até R$ 500 nas compras. Para alegria dos comerciantes, grande parte dos abordados pretende pagar à vista pelo presente nesta Dia dos Pais. Segundo a enquete, 79% dos consumidores afirmaram que vão presentear, 12% se mostraram indecisos e 9% não vão gastar com presentes. Para o presidente da CDL, Reinaldo Pousa, o resultado da pesquisa mostra que os lojistas estão confiantes com as vendas para o Dia dos Pais. Segundo ele, apesar de mostrar uma expectativa de 7,8% de aumento, esse índice pode aumentar se a temperatura continuar nesse patamar, isso porque os segmentos que vão ter maiores vendas – confecções e calçados – têm maiores valores. “É bom salientar que essa pesquisa é de vendas presenciais. O aumento só não é maior porque as vendas on- -line deverão ter um aumento superior a 30% em relação ao ano passado. Com a pandemia os consumidores acostumaram a esse meio de compras como mostram as pesquisa”, apontou Pousa.

Beto Silva

[email protected]

Leia Mais

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

quatro × cinco =