Na pesquisa promovida pela Lojista, entrevistados afirmam: “este será o melhor Natal dos últimos 6 anos” (Foto: Amanda Vieira/JP)

Uma enquete realizada pela CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Piracicaba junto a consumidores e lojistas de dez corredores comerciais, incluindo o Centro da cidade, aponta que a estimativa de vendas para este fim de ano seja 9,6% maior que o verificado no mesmo período de 2018. Para os entrevistados, ‘este será o melhor Natal dos últimos seis anos’.

Para justificar o otimismo dos comerciantes, o presidente da entidade, Reinaldo Pousa, cita o recebimento – por parte dos trabalhadores – da primeira parcela do 13º salário, a liberação do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) e do PIS, além de uma inflação menor que 3%, segundo o IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo). Pousa também destacou a redução da taxa de desemprego de 12,7% para 11,8%. “Pequeno, mas significante”, avaliou.

Com menos otimismo, o presidente da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), Luiz Carlos Furtuoso, disse – entrevista ao Jornal de Piracicaba na semana passada – que estima um aumento entre 5% e 6% nas vendas deste final de ano.

O otimismo do lojista demonstrado no Natal passado continua durante este ano com a melhor data para as vendas”, afirmou Pousa.

Em 2018, de acordo com a CDL, as vendas no comércio de Piracicaba apresentaram crescimento de 9,3% com relação ao ano anterior. Para Pousa, o número de contratações de temporários para o comércio neste fim de ano ficou 4% acima do registrado no ano passado.

Para o presidente da CDL, as vendas da Black Friday registradas na semana passada também apontam para um aquecimento do comércio em dezembro.

TENDÊNCIAS

A enquete realizada pela CDL ouviu 235 consumidores dos quais 86% afirmaram que pretendem presentear neste Natal.

Deste total, 54% informaram que esperam desembolsar entre R$ 60 a R$ 100 por presente. Já os itens confecções e eletroeletrônicos são os mais indicados para os presentes com 41% e 18% dos interessados, respectivamente.

Outro dado que chamou a atenção na enquete da CDL com os compradores está na forma de pagamento das compras do Natal. De acordo com os números divulgados, 68% dos consumidores pagarão à vista, enquanto os restantes 32% optaram pelo parcelamento das compras.

Beto Silva

[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × 4 =