Vereadora quer traçar perfil da pandemia de covid-19 na cidade

A proposta é traçar um perfil das reais condições a que se encontra a doença na cidade (Foto: Amanda Vieira/JP)

A Câmara de Vereadores de Piracicaba aprovou requerimento da vereadora Nancy Thame (PV) questionando a situação da pandemia de covid-19 na cidade. A proposta da parlamentar, segundo o documento com 16 questionamentos, é traçar um perfil das reais condições a que se encontra a doença na cidade.

O requerimento aprovado anteontem pede informações sobre os casos notificados por data, localização da residência, se há controle de históricos de viagens, idade, sexo e, história pregressa de comorbidade, além da quantidade de moradores por residência e a utilização de transporte público.

A vereadora relaciona outras instituições e coletivos municipais, que segundo ela também solicitaram informações referentes à disponibilização dos dados da Covid-19, como por exemplo o Observatório Cidadão e o Coletivo Oswaldo Cruz, que solicitou maior transparência e divulgação dos dados, e não obteve retornos.

Nancy afirma que vários municípios, inclusive de mesmo porte, orçamento similar ao de Piracicaba, por exemplo Jundiaí, já se anteciparam e organizaram de maneira mais clara estes dados, com mapeamentos, gráficos e outras informações em relação aos casos detectados sobre o coronavírus no território.

Para ela, partindo do ponto de vista da sociedade, percebe-se que muitas informações que poderiam facilitar a compreensão da situação em que vivemos não estão sendo divulgadas ou coletadas pela Prefeitura de Piracicaba.

A verde disse que, ‘a partir da observação de diferentes experiências de combate à pandemia adotado por outras cidades, é de extrema importância uma série de indicadores (de acordo com Open Knowledge Brasil), que devem constar no protocolo de segurança elaborado pela prefeitura’.

A parlamentar pediu números da ocupação dos leitos nos hospitais do município; quantidade de testes de que o município dispõe para atender a determinado período de tempo e testes já realizados e seus resultados; apresentação dos dados por bairro e/ou distrito; painel para consulta do público em geral sobre os dados relacionados ao combate à covid-19 e base de dados única e atualizada com o histórico completo de registro de casos do novo coronavírus.

O requerimento pede o número de leitos de enfermaria e UTI (Unidade de Terapia Intensiva); taxa de ocupação dos leitos hospitalares públicos e privados e a evolução nos últimos 14 dias.

Beto Silva