Vereadores querem a revitalização do Piracicamirim

Foto: Assessora de Imprensa/Divulgação

Reunião com empresa Águas do Mirante foi realizada para tratar ações futuras de revitalização

Os vereadores Paulo Camolesi (PDT), Pedro Kawai (PSDB) e Silvia Morales, do Mandato Coletivo A Cidade é Sua (PV), estiveram em uma reunião na Sede da Empresa Águas do Mirante a fim de tratar das ações futuras de revitalização do Ribeirão do Piracicamirim. Em conversa com o diretor executivo, Ozanan Pessoa, com a coordenadora de Projetos Socioambientais, Maria Aparecida Draheim e a coordenadora de Comunicação, Ude Valentini, os vereadores tiveram acesso a um Raio-X da bacia e dos afluentes que compõem o Ribeirão do Piracicamirim e também das ações que até o momento são desempenhadas pela empresa para a manutenção das águas.

Um dos programas apresentados foi o “Ribeirão Limpo” que tem por objetivo o monitoramento de todos os ribeirões para coibir lançamentos irregulares de esgoto. Paulo Camolesi ressaltou que, junto a população da região, tem monitorado os problemas com esgoto, e feito frequentemente encaminhamentos aos responsáveis. De acordo com o vereador, nos últimos 15 dias foram mais de cinco direcionamentos com fotos e vídeos. “Tenho enviado tudo para o setor de manutenção da Águas do Mirante, muitas pessoas me procuram, acredito que a solução seria que o povo pudesse fazer esse encaminhamento num canal direto com a empresa”.

Recentemente, a vereadora Silvia Morales protocolou um requerimento que questionava o estado de poluição por esgoto no Ribeirão, num trecho próximo a faculdade Anhanguera. Segundo a vereadora, além de pensar em ações e revitalização que incluam o desassoreamento e replantio de arvores, é necessário que a fiscalização atue firmemente nos casos de descarte de esgoto.

O vereador Pedro Kawai comentou a sua recente experiência no bairro Noiva da Colina, uma vez que para descobrir a origem de vazamentos de esgoto, uma operação de fiscalização e manutenção estava sendo realizada naquele mesmo dia, resolvendo uma demanda antiga dos moradores.

A coordenadora de Projetos Socioambientais, Maria Aparecida Draheim, pediu o apoio dos vereadores para o contato com o SEMAE e a construções de ações junto a autarquia, além do mais, reforçou a necessidade de uma educação ambiental voltada para a questão do esgoto na população. Ela também pediu apoio para a conscientização dos munícipes a fim de que fossem realizados os testes nas redes de esgoto.

Da Redação

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezenove − dez =