Vereadores querem escolas com 100% da capacidade

Prefeito diz ser favorável a abertura 100%, mas precisa respeitar o Plano São Paulo que determina 35% na fase vermelha. (Foto: Prefeitura de Piracicaba)

Na tarde de ontem (23), o prefeito Luciano Almeida (DEM) e os secretários municipais de Educação, João Marcos Thomaziello, e de Governo, Carlos Beltrame, receberam no Gabinete, os vereadores Ana Pavão, André Bandeira, Thiago Ribeiro e Fabricio Polezi, que apoiam o Movimento de Mobilização Civil para a reabertura das escolas, que defende a abertura de 100% das atividades, respeitando todos os protocolos de segurança determinados pela Legislação.

Os vereadores entendem que a retomada das atividades, além de representar um ganho para a vida escolar dos alunos, permite que os pais possam retornar ao trabalho. Apontaram ainda que nem todas as crianças têm condições de se dedicar às aulas remotas. “O fechamento das escolas traz enormes prejuízos aos alunos, que têm sua capacidade de aprendizagem prejudicada. Esse encontro com o prefeito e os secretários de Educação e Governo tem o objetivo de pedir o apoio deles ao movimento. Saímos satisfeitos pelo fato de nos ouvirem”, disse Ana Pavão.

Tanto o prefeito Luciano Almeida como o secretário de Educação reafirmaram que são favoráveis à abertura integral das escolas que, segundo eles, estão preparadas para o retorno de 100% das atividades. “Mas temos o Plano São Paulo que determina a volta gradual das aulas, respeitando 35% da capacidade das escolas, que temos de respeitar”, ressalta o prefeito, que reconhece a legitimidade do movimento.

Da Redação

LEIA MAIS:

1 COMENTÁRIO

  1. Em tempos de negacionismos aflorados, ver alguns vereadores negacionistas apoiando escolas 100% abertas no ápice da pandemia era até de se esperar, mas o secretário de educação e o prefeito apoiando essa sandice? Que absurdo!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

oito + nove =