Workshop da Coplacana destaca o renovaBio

Evento da Coplacana reuniu produtores de toda a região de Piracicaba (Foto: Claudinho Coradini/JP) Evento da Coplacana reuniu produtores de toda a região de Piracicaba (Foto: Claudinho Coradini/JP)

A Coplacana (Cooperativa dos Plantadores de Cana) de Piracicaba sediou ontem o primeiro workshop sobre o Renovabio – projeto do Governo Federal que tem por objetivo traçar uma estratégia conjunta para reconhecer o papel estratégico de todos os tipos de biocombustíveis na matriz energética brasileira, tanto para a segurança energética quanto para mitigação de redução de emissões de gases causadores do efeito estufa.

Participaram da atividade – voltada aos empresários do setor sucroenergética – representantes da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), ANP (Agência Nacional de Petróleo) e da Abraveri (Associação Brasileira das Empresas de Verificação de Inventários de Emissões de Gases de Efeito Estufa e Relatórios Sócioambientais).

O gerente de economia e análise setorial da Unica, Luciano Rodrigues, explicou que o evento foi o primeiro realizado no Estado de São Paulo. “A ideia é trazer informações para os produtores de biocombustíveis, em especial, os produtores de etanol, sobre a política implementada em 2017 e que deve entrar em vigor no final de 2019”, afirmou.

Na oficina foi apresentada para a indústria e fornecedores de cana os indicadores que farão parte do processo de certificação para emissão de CBios, instrumento que será negociado e precificado no mercado financeiro.

No workshop o processo é apresentado como melhoria da gestão da unidade, possibilitando ganhos de produtividade e redução de custos. Rodrigues falou aos produtores sobre o funcionamento do RenovaBio e as mudanças para a indústria sucroenergética.

Na sequência foram abordados os temas operacionalização e aspectos práticos da certificação, por Felipe Bottini, da Abraveri e a regulamentação do RenovaBio pela ANP e o processo de certificação, por Danielle Machado Superintendente Adjunta SBQ, e Maria Auxiliadora Nobre, Especialista em Regulação da ANP.

Beto Silva