XV apresenta os reforços Tom e Baraka

0
33 views
Baraka busca seu segundo título da Série A2 Foto: Divulgação

Após realizar contratações, a tarde da última quarta-feira (27), do XV de Piracicaba foi marcada pelas apresentações do goleiro Tom, ex-Ferroviária, e do volante Baraka, que estava no futebol saudita. Ambos conversaram com a imprensa e disseram que estão prontos para buscar o tão sonhado acesso com o XV de Piracicaba.

Primeiro atleta a ser anunciado, há pouco mais de 15 dias, Tom disse que teve um reencontro imediato com o preparador de goleiros Renato Barros, com quem trabalhou no Grêmio Barueri, clube que o revelou, e recentemente no Marcílio Dias-SC, demonstrando muita consideração pelo profissional. Mesmo sendo amigos de longa data, Tom acredita que não terá vida fácil na busca pela titularidade.

“A confiança (em ser titular) existe, já que respeito e sempre respeitei ele, tanto dentro como fora de campo, já que ele é meu amigo, meu irmão e meu pai. Eu sei mais ou menos o que ele pede no treino e liberdade não temos muita. Ele não é de risadinhas e passa o treino sem ficar de conversa fiada. Talvez saia na frente por já conhecer e ter sido moldado por ele, mas também não é tudo”, explicou Tom.

Em seu quinto ano na A2, o XV buscará pela quarta vez o acesso para a Série A1 e, nos três últimos anos o Nhô Quim teve um titular por ano (Samuel Pires, Luiz Fernando e Mota, respectivamente) que fizeram boas partidas, tiveram os seus momentos, mas não conseguiram o sonhado acesso. Ao ser questionado, Tom falou sobre ser o goleiro deste ano, ressaltando que não depende só dele de conquistar o acesso.

“Para isso acontecer depende da atuação da equipe, já que ninguém vence sozinho, estou com uma expectativa muito boa e a minha meta é a CAT, como costuma nomear, que é classificação, acesso e título, já que os campeões ficam lembrados e quem sabe posso demonstrar meu papel para entrar para a história do clube”, finalizou o goleiro.

Por ter batido na trave por três anos seguidos, o Alvinegro acumulou alguns “carrascos” nesses anos, e o volante Baraka é um deles, já que, em 2018, foi titular do Guarani nos dois jogos contra o Nhô Quim. Agora do outro lado, Baraka falou de como pretende usar a experiência daquele período para recolocar o Alvinegro na primeira divisão.

“Acho que quando o entorno está focado em um objetivo só as coisas acontece. No Guarani o clube vinha há cinco anos fora da elite do paulista, mas, Graças a Deus, nossa equipe conseguiu o objetivo final conquistando o título. A experiência que temos tentaremos colocar no dia a dia com todos e tenho certeza de que esse objetivo será cumprido. È um campeonato bastante disputado, várias equipes estão se reforçando e temos que manter os pés no chão, pensar positivo, focar que a equipe está chegando há três anos e, consequentemente, ela voltará a elite, onde sempre deveria estar”, detalhou Baraka.

Por fim, Baraka falou de seu apelido que sempre lhe acompanhou no fundo, confirmando para a reportagem que é inspirado no famoso personagem dos jogos de videogame Mortal Kombat. “Agora vocês não irão ver por que estou de máscara (risos), mas na minha infância, jogava bastante videogame e por ter uma boca grande e sorriso largo teve muito esse comparativo. Levei na esportiva e acabou pegando, tanto que no mundo do futebol a maioria das pessoas me conhecem como Baraka.

Mauro Adamoli

LEIA MAIS:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezoito + doze =