XV de Piracicaba já teve nove saídas do elenco antes do Natal

Mesmo com vários saídas, Renan Dutra permanece para 2021 Foto: Elcio Fabretti

Os membros da diretoria e do departamento de futebol profissional do XV de Piracicaba seguem definindo as situações dos atletas que defenderam o clube na última edição da Copa Paulista, quando o Nhô Quim chegou às semifinais. O elenco se reapresenta no dia 5 de janeiro, na primeira terça-feira de 2021, começando a preparação visando o Campeonato Paulista Série A2, que tem início previsto para 28 de fevereiro. Parte do plantel, com vínculos encerrados, já se despediu do Alvinegro Piracicabano.

Os primeiros foram o lateral-esquerdo Jonathan, os volantes Gabriel Soares e Mateus Silva, o meio-campista Thiago Potiguar e o atacante Victor Sapo. O atacante Filipe Carvalho, que cumpriu o período de isolamento estipulado pelos comitês médicos da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e da FPF (Federação Paulista de Futebol), contando com o suporte do departamento médico do clube, está recuperado da covid-19 e retorna ao São Caetano, já que não terá seu empréstimo renovado.

Outro que não terá seu contrato de empréstimo estendido é o também atacante Jajá, ligado ao Boavista-RJ. Os goleiros Dida e Vitor Prada, com vínculos a expirarem na primeira quinzena de janeiro, também rescindiram seus respectivos vínculos.

No total, nove jogadores saíram do XV entre o fim da Copa Paulista até a véspera de Natal, sendo que o atleta que mais jogos disputou com a camisa do Nhô Quim foi Gabriel Soares, com 13 jogos (899 minutos em campo), já que foi o único que já estava no elenco do Alvinegro no Paulistão e só não atuou mais em razão de ter se machucado no início de novembro.

Em relação aos titulares na Copa Paulista, quatro deixaram a equipe, sendo que apenas Jajá jogou os 12 jogos da competição, completando 950 minutos e marcando quatro gols no torneio. Mesmo com uma partida a menos, Vítor Prada teve mais minutos que o agora seu ex-colega de equipe, já que jogou 990 minutos. Jonathan e Mateus Silva, com um gol marcado cada, jogaram 11 e 10 jogos, respectivamente. O lateral atuou por 1.278 minutos, enquanto o volante jogou 799 minutos.

Dida, que chegou antes da competição começar, foi titular apenas uma vez (90 minutos), enquanto os outros três chegaram durante a competição. Thiago Potiguar jogou sete vezes (total de 155 minutos em campo), Victor Sapo jogou seis vezes (248 minutos) e Filipe Carvalho jogou apenas dois jogos, ficando em campo durante 16 minutos. Desses atletas, apenas Sapo balançou a rede do adversário.

Porém, nem só de saídas foi a semana do XV. O zagueiro Renan Dutra, que encerrou a competição como titular da defesa quinzista, ao lado de Douglas Marques, renovou até o término do estadual de 2021. Algumas poucas peças continuam com situações indefinidas, enquanto outras possuem contratos mais longos, como o lateral-direito David; os laterais-esquerdo Rubens Carvalho (que voltou depois de período no Independente de Limeira) e Tiago; os zagueiros Douglas Marques, Kauan e Muriel; os volantes Fraga, Grígor e Samuel Andrade; o meio-campista Luan; os atacantes Igor Aguiar, Fabrício e Tito, entre outros, que foram a campo no último campeonato.

No total o XV disputou 12 jogos na Copa Paulista, com oito vitórias, dois empates e duas derrotas, marcando 17 gols e sofrendo 10. Na temporada, que também contou com Paulistão Série A2 e Copa do Brasil, foram 33 jogos, com 17 vitórias, nove empates e sete derrotas, marcando 41 gols e sofrendo 30.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

13 − 4 =