XV de Piracicaba recebe a Portuguesa antes da pausa do futebol

XV volta a campo três dias após vencer o EC São Bernardo Foto: João Victor/EC São Bernardo

O XV de Piracicaba fará neste sábado (13), às 17h, seu último jogo antes da parada de 15 dias do futebol, quando receberá a Portuguesa, no Estádio Barão da Serra Negra. O Nhô Quim é o terceiro colocado, com três vitórias em três jogos, ficando atrás apenas de Água Santa e Oeste no saldo de gols. A Portuguesa está na décima primeira posição, com dois pontos e ainda não venceu na competição.

Vindo de três vitórias consecutivas (Sertãozinho, Velo Clube e EC São Bernardo), o Nhô Quim busca a quarta vitória em sequência, marca que foi conquistada pelo Nhô Quim uma vez na última Série A2, quando derrotou Atibaia (1 a 0), Rio Claro (2 a 1), Juventus (1 a 0) e Red Bull Brasil (3 a 1). Com Moisés Egert, o XV já conquistou uma sequência parecida na última temporada, quando derrotou Primavera, Audax (duas vezes) e Inter de Limeira (duas vezes), alcançando a marca de cinco vitórias consecutivas.

A partida no Barão de Serra Negra será marcada por reencontros, já que, após a eliminação para o Nhô Quim na última Série A2, a Portuguesa se movimentou e contratou vários jogadores do Alvinegro após a competição, no qual ajudaram os paulistanos a conquistarem a última Copa Paulista.

Após o estadual, o zagueiro Diego Jussani, o lateral-direito Jefferson Feijão e o volante Walfrido saíram do XV e continuam na Lusa, além do lateral Robertinho, mas este último foi para o Luverdense-MT nesta temporada. Felipe Manoel também iria para o Canindé, mas a reação negativa dos torcedores, fruto de sua passagem anterior pela Lusa, melaram o acordo, com o volante retornando para o Nhô Quim. Para esta temporada, a Portuguesa contratou mais dois atletas que passaram recentemente pelo XV: o zagueiro Gilberto Alemão e o meia Misael.

O último jogo entre XV e Portuguesa em Piracicaba foi válido pelas quartas de final da última Série A2, e terminou com vitória de virada do Nhô Quim por 3 a 2, com um hat-trick do meia Daniel Costa (atualmente no São Bento), após a Lusa fazer 2 a 0 em 15 minutos. Dos três gols marcados por Daniel, dois foram de pênalti, marcações que são contestadas pelos adeptos da Portuguesa até hoje. Dos jogadores relacionados pelo Alvinegro naquela partida, Douglas Marques, Felipe Manoel e Erison continuam no elenco.

Mauro Adamoli

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

18 − cinco =