XV e Pernas Caipiras se unem para incentivar doação de sangue

O Esporte Clube XV de Novembro e a ONG (Organização Não Governamental) Pernas Caipiras participam de uma ação conjunta denominada de “Uma pequena ação, muda o mundo!” com o objetivo de incentivar a doação de sangue na cidade de Piracicaba.

Na manhã desta quarta, dia 9, voluntários das duas entidades compareceram ao Hemonúcleo de Piracicaba para contribuir com a iniciativa, que contou com as participações de seus mascotes, “Campião”, do Pernas Caipiras e o “Nhô Quim”, do Alvinegro Piracicabano. A iniciativa reforça a campanha do Junho Vermelho, que procura incentivar as doações de sangue no mês mais frio do ano, época em que os hemocentros registram os níveis mais baixos de sangue em seus estoques.

A gestora do programa sócio-torcedor do XV de Piracicaba, Dayanne Arthur, disse que a diretoria do Alvinegro Piracicabano está atenta às questões sociais do município e trabalha constantemente com ações que vão muito além do campo de futebol, inserindo o clube no cotidiano da sociedade. “Em 2020, quando a ação começou, os jogadores entraram em campo com faixas de incentivo à doação de sangue.” – destaca Dayanne.

Para o responsável pelo marketing da ONG Pernas Caipiras, Paulo Amaral, essa é uma ação que está em sua segunda edição e que contribui para que as pessoas estejam atentas à necessidade da doação de sangue no município de Piracicaba. “É a nossa contribuição para o Junho Vermelho.”

De acordo com a assistente social do hemonúcleo de Piracicaba, Luciana Sacheto Bueno, a parceria com o XV e a ONG Pernas Caipiras aproxima o público alvo destas instituições com o hemocentro e a necessidade da doação de sangue, sobretudo, nessa época do ano em que as doações caem significativamente.

“Em comparação com 2019, antes da pandemia, no ano de 2020 foi registrado uma queda de 40% nas doações de sangue em Piracicaba. Infelizmente, com a continuidade do período da pandemia, essa tendência deve se repetir. É bom ressaltar à população que quando falamos que é importante sair de casa apenas para o essencial, esse é um desses bons motivos para sair às ruas. Afinal, doar sangue é um gesto de amor e salva vidas!” – disse Luciana.

O que é preciso para ser um doador de sangue?
– Ter entre 18 e 69 anos;
– Pesar no mínimo 50kg;
– Não estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos e, após o almoço, aguardar por três horas;
– Estar descansado;
– Não é permitido fumar até 2 horas antes e 2 horas depois da doação.

Agendamento:

agendamento.hemocentro.unicamp.br;

[email protected]

Atendimento:

Segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h

Hemonúcleo de Piracicaba:

Rua Silva Jardim, 1700, Bairro Alto (antigo prédio da “Saúde Inteligente”, dentro do completo da Santa Casa)

Contato: (19) 3422-2019

Edilson Morais

[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dois + sete =