Mesmo com um gol de Macena, Nhô Quim não conseguiu segurar a vitória após abrir 2 a 0 (Foto: Michel Lamstein)

O XV de Piracicaba empatou com o Audax em 2 a 2 na noite de sábado (25), no Estádio Barão da Serra Negra. O confronto foi válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista Série A2 2020. Raphael Macena e Daniel Costa marcaram para o Nhô Quim, enquanto Giovanni e Jefinho fizeram os tentos do adversário. Com o resultado, o XV dorme na 12ª posição, com apenas um ponto, enquanto o time de Osasco está em nono, com dois pontos.

O XV teve a sua primeira chance de gol aos 2 minutos. Após escanteio batido por Assis, a zaga afastou parcialmente e a bola sobrou para Filipe Cirne na entrada da área, que dominou e chutou, porém Jeferson caiu para fazer a primeira defesa do jogo. O Nhô Quim voltou ao ataque com Kadu Barone, que aproveitou o desarme no campo de ataque e bateu para o gol, porém a bola subiu e foi para fora.

O Audax chegou com perigo aos 20 minutos. Marreta puxou contra-ataque na direita e cruzou para Fabio, que chutou forte, porém a bola foi sem direção. O Nhô Quim respondeu logo em seguida com Marcelinho, que recebeu de Kadu Barone e bateu rasteiro, mas a bola saiu pela linha de fundo. Após cobrança de lateral, Kadu chutou para o gol e a bola foi desviada na zaga, porém José Romário evitou o tento Alvinegro. Dois minutos depois Raphael Macena deixou Kadu na cara do gol, porém Jeferson chegou antes para bloquear o atacante.

Após a pressão sofrida, o Audax conseguiu puxar um contra-ataque com o lateral Wesley, que bateu cruzado, porém ninguém da equipe de Osasco chegou para completar a chance. Após tanto pressionar, o Nhô Quim abriu o placar aos 42 minutos. Após falta batida na esquerda de Assis, Macena subiu no meio dos zagueiros para desviar de cabeça e marcar o primeiro gol do XV em 2020.

O Nhô Quim voltou ligado para o segundo tempo e teve uma grande chance de marcar o segundo gol, novamente com Macena e novamente de cabeça após um cruzamento (desta vez de Feijão), porém o goleiro do Audax defendeu a queima-roupa evitando o gol. A resposta do Audax veio aos 13 minutos, com Wesley, que recebeu belo passe de Kallyl e soltou uma bomba, a bola bateu na forquilha (junção entre trave e travessão) e assustou o goleiro Mota.
Após falta de Bruno Lima em Kallyl, Pablo bateu a falta no ângulo aos 22 minutos, porém o goleiro Mota aproveitou sua envergadura e encaixou para evitar o tento do adversário. Três minutos depois, Marreta dominou na esquerda e bateu da canhota, mas bola tocou as redes pelo lado de fora.

O Alvinegro voltou ao ataque aos 27 minutos. Após lindo lançamento de Daniel Costa para Kadu Barone, que driblou o zagueiro e foi derrubado na grande área, conquistando um pênalti para o XV. Na cobrança, Daniel Costa (piracicabano e que começou na base do XV) bateu forte no canto direito para fazer 2 a 0, deixando Jeferson estático no lance.

Mesmo com a desvantagem, o Audax continuou no ataque com Marcondele, que achou Giovanni dentro da área. O atleta girou sobre a marcação de Gilberto Alemão e chutou no ângulo do Mota para diminuir o placar.
O XV sentiu o gol sofrido, o Audax percebeu e continuou atacando. Aos 39 minutos, Jefinho cruzou para Henry, que cabeceou, mas Mota defendeu. Na sequência, Henry cruzou e Jefinho, que começou a primeira jogada, terminou a segunda batendo de primeira para empatar o jogo.

O Alvinegro voltou a atacar o adversário, porém, pressionado com o empate após abrir 2 a 0, a equipe não conseguiu se organizar para criar uma jogada mais clara e perigosa. Nos acréscimos, Pablo foi expulso após entrada violenta em Kadu Barone. Na batida falta, a equipe não aproveitou e a partida terminou empatada em 2 a 2.
O próximo jogo será nesta quarta-feira (29), às 20h, contra o São Caetano, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul. Será o reencontro das equipes após a final da última Copa Paulista, vencida pelo Azulão.

Mauro Adamoli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze − 10 =