XV está invicto há oito partidas na temporada (Foto: Claudinho Coradini/JP)

O XV de Piracicaba enfrenta o Monte Azul hoje, às 15h, no Estádio Otacília Patrício Arroyo, em Monte Azul Paulista, pela décima rodada do Campeonato Paulista Série A2 2020. O Nhô Quim é a equipe que está há mais tempo invicta na competição (não perde desde a terceira rodada) e ocupa a quarta posição, com 15 pontos; enquanto o Azulão é o líder do campeonato, com 18 pontos e está invito em seus domínios. Será a primeira vez que o Nhô Quim volta a Monte Azul Paulista, palco em que conquistou seu último acesso para a Série A1 na temporada de 2011.

O atacante Erick Salles, que fez sua estreia no último domingo (1º), diante do Sertãozinho, falou sobre a sua volta aos gramados e o que espera do próximo adversário quinzista. “Fiquei muito feliz em voltar a jogar. Desde a Copa Paulista foram três meses parado, tempo em que fiz uma cirurgia no menisco do joelho, mas o importante foi ter voltado sem sentir dor”, disse o atleta, projetando a partida diante do Azulão. “O jogo contra o Monte Azul será em um horário diferente, provavelmente com um calor muito forte no qual precisamos ter sabedoria para jogar lá, uma vez que é um estádio em que não conhecemos muito bem, contra uma equipe que não temos muita informação. Precisamos da vitória para igualarmos as pontuações e continuarmos na ponta de cima”, explicou.

Erick também foi questionado sobre o alto número de desfalques recorrentes na equipe, seja por contusão ou suspensão, dizendo que não tem como entrar pensando em não ser amarelado dependendo da situação. “Quando você entra em campo não tem como se auto prevenir de levar um amarelo, já que não dá para tirar o pé ou deixar de fazer uma falta pensando no cartão. Acho que foi por isso que o XV contratou vários jogadores bons, em caso de cansaço, lesões e suspensões”, detalhou o atacante, ressaltando a força do elenco. “Temos três jogadores para cada posição e todos tem qualidade. Acredito que isso não preocupa muito, já que entrar em campo dará o seu melhor, já que estamos todos no mesmo nível”, disse.

Por fim, Erick falou sobre o horário da partida, dizendo que para ele, dizendo que não tem preferência sobre qual parte do dia atuar. “Temos que jogar em qualquer hora em que tivermos jogo. Quem quer subir não pode escolher horário, local ou adversário. Para mim não interfere muito, já que temos que estar preparados para qualquer adversidade que venha e não tenho preferência para horário”, completou.

A última partida entre Monte Azul e XV foi em Monte Azul Paulista, no histórico 24 de abril de 2011. A partida foi válida pela segunda fase da Série A2, e o Nhô Quim venceu por 4 a 1, com dois gols de Adílson (atualmente no Rio Claro), um de Rodolfo e um de Paulinho (jogador do Anápolis-GO, em partida que marcou o retorno do Alvinegro para a Série A1 após 17 anos de ausência.

JOGO ADIADO

A partida entre Portuguesa Santista e Red Bull Brasil, previamente marcada para hoje (4), às 20h, foi adiada para o dia 11 (próxima quarta-feira), também ás 20h, em razão das fortes chuvas que causaram grandes transtornos na Baixada Santista.

Mauro Adamoli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

sete − 4 =