Treinamento foi intensificado nos últimos dias para que a equipe esteja 100% para a partida de amanhã. (Foto: Vitor Prates/Divulgação)

O XV de Piracicaba estreia amanhã na Copa Paulista, às 10h, diante da Internacional de Limeira, no estádio Major Levy Sobrinho, em Limeira. O sonho do bicampeonato piracicabano (campeões em 2016) começará justamente contra a equipe na qual o Nhô Quim disputou seu último jogo oficial. Na ocasião, pela semifinal do Série A2, as equipes jogaram no Barão e empataram em 2 a 2, e os limeirenses venceram nos pênaltis.

O técnico do Nhô Quim na competição será Tarcísio Pugliese, que levou a equipe ao quarto lugar na última Série A2.

O treinador disse que o time que entrará em campo será o mesmo que atuou nos últimos jogos-treino, contra a Seleção Chilena e a Ponte Preta sub 23. “A tendência é que o time dos últimos jogos inicie com o Cassinho e o Danilo Bueno quase que em um 4-1-4-1, alternando em um 4-3-3 com posse de bola, já que o objetivo é ter um time ofensivo, mas, ao mesmo tempo, equilibrado”, comentou.

Tarcísio também falou sobre o elenco alvinegro. “É um elenco forte, que conseguimos manter uma base forte do Campeonato Paulista. Percebi que neste ano tem times mais fortes em relação ao ano passado, além de um investimento maior também. O nosso time é bastante qualificado, mesmo perdendo muitos atacantes. Não contratamos, então acredito que durante a competição teremos que buscar jogadores na posição. Essa questão já foi discutida internamente, portanto é uma situação que está sob controle. Iniciaremos a copinha com esse elenco porque achamos melhor desta maneira e já conversamos desta tendência de talvez contratar durante a competição”.

Contratado na reta final da Série A2, o atacante Raphael Macena fez os dois gols que colocou o Nhô Quim na semifinal da competição e agora jogará a Copa Paulista pelo XV desde o início, sendo o atacante mais experiente da equipe. “Independente disso, eu tenho essa cobrança pessoal. Devido à grandeza do clube, todo atacante que vestir essa camisa será cobrado. Fui feliz nessa reta final de competição, quando cheguei, e pretendo demais manter isso e conseguir os gols para ajudar o time. Sabemos a importância da Copa Paulista para o XV”, disse o atacante de 30 anos, que está em sua segunda passagem pelo Alvinegro Piracicabano (a primeira foi em 2014).

Por manter a base da boa campanha no último Paulistão, a equipe chega entrosada para disputar o título da competição, fato que é ressaltado pelo zagueiro Gilberto Alemão. “Isso facilita o trabalho de todos, da comissão técnica e de entendimento entre nós jogadores, até no sentido do que nos é passado”. Comentou Alemão, que quer conquistar o título não só pela equipe, mas pela cidade de Piracicaba. “No meu ponto de vista, todas as competições em que o XV entra, tem que pensar no título, pela tradição, torcida e toda história que possui. O título também seria uma forma de agradecimento pela confiança. A cidade vive o time. Ficamos muito próximos do acesso no primeiro semestre e deixamos escapar. Então, todos que permaneceram aqui é porque possuem um objetivo e vamos fazer o máximo por essa conquista”, disse.

Nos últimos três jogos em Limeira entre as equipes, o Nhô Quim conquistou duas vitórias e um empate, sendo que essa igualdade foi no último jogo entre eles na cidade vizinha, que terminou empatado em 0 a 0 pela ida semifinal da A2. Na primeira fase, também em Limeira, o Nhô Quim venceu por 3 a 2, com gols de Itálo (atualmente na Ponte Preta), Ronaldo (no Peark FA da Malásia) e Kadu Baroni. A última derrota quinzista fora foi na semifinal da Copa Paulista 2017, em que perdeu por 2 a 1(gol de Maikon Aquino) e foi eliminado na disputa de pênaltis. Desde então foram seis jogos no confronto em geral, com quatro vitórias do Nhô Quim e dois empates.

 

Mauro Adamoli
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

15 − quatro =