XV fecha com o meia Mazinho e com o lateral Jefferson Recife

Mazinho é o jogador com mais jogos na história do Oeste Foto: Jefferson Vieira/Oeste FC

O XV de Piracicaba anunciou nesta semana, um pacote com quatro reforços visando a disputa do Paulistão A2 2021. O volante Maicon Souza, 31 anos, e o atacante Marlyson, 23 anos, que marcou oito gols pelo São Bernardo FC na última edição da A2, chegam do Boa Esporte-MG. O meia Mazinho, 33 anos, ex-Oeste e com passagem pelo Palmeiras e o lateral-esquerdo Jefferson Recife, 27 anos, ex-Marcílio Dias-SC, chegaram no fim da tarde.

Anderson Soares da Silva, mais conhecido como Mazinho, foi revelado pelo próprio Oeste, em 2009, e após passagens por Marília, Noroeste, Cuiabá-MT, São Caetano e América-RN, chegou ao Palmeiras no ano de 2012, quando ficou conhecido no cenário brasileiro, ganhando o apelido de “Messi Black”. No Verdão ficou por três anos, entre 2012 a 2014 (com um empréstimo para o Vissel Kobe-JAP no período) entrando em campo 61 vezes, marcando nove gols e ajudando na conquista da Copa do Brasil de 2012.

Depois foi emprestado pelo Verdão algumas vezes, para o Coritiba-PR, Santa Cruz-PE e novamente o Oeste, onde assinou em definitivo após o fim de seu contrato com o Palmeiras. No Rubrão de Barueri (e anteriormente Itapólis) ficou por nove temporadas, com 304 jogos e 56 gols. Mazinho é o jogador que mais atuou com a camisa do Oeste.

Jefferson Recife começou no Icasa-CE e passou por Mogi Morim, Oeste, Grêmio Barueri, Nacional-AM, Campinense-PB, Ponte Preta, Botafogo-PB, CRB-AL, Sampaio Corrêa-MA, Remo-PA, Luverdense-MT e Marcílio Dias-SC, no qual jogou em 2020. Jefferson tem quatro títulos estaduais, em quatro estados diferentes: amazonense em 2014 (Nacional), paraibano em 2015 (Campinense), alagoano em 2017 (CRB) e paraense em 2018 (Remo).

Maicon Souza de Jesus nasceu em Iracemápolis e iniciou sua carreira no Rio Claro. Em seguida, acertou com o Montedio Yamagata, do Japão, sendo essa a primeira de suas duas experiências internacionais. A outra foi na República Tcheca, no Slovan Liberec, na temporada 2012/13, após atuar pelo Palmeiras-B. De volta ao Brasil, defendeu as cores de Bragantino, Arapongas, Inter de Limeira, Tricordiano, Cabofriense, São Bento, Red Bull e Mirassol, além do Boa Esporte.

Maranhense de RosárioMarlyson iniciou sua carreira profissional no Joinville e defendeu ainda as cores de Ponte Preta e Paraná. “O Marlyson foi muito bem no ano passado, nesta mesma divisão, e, devido ao seu potencial, tem tudo para repetir esse mesmo desempenho no XV”, disse o diretor de futebol do Alvinegro Piracicabano, Ricardo Moura. Para o setor, neste momento, o plantel quinzista conta ainda com Bruninho, Fabrício, Juninho Potiguar e Tito.

“Se fazia necessária a vinda de um atleta com essas características. Temos o Tito, que respondeu muito bem na Copa Paulista, sendo o artilheiro do time no campeonato, que irá passar por uma intervenção cirúrgica, mas deve retornar em breve, e o Marlyson pode também fazer esse papel de centroavante”, comentou o executivo de futebol, Ramon Bisson.

Os outros contratados pelo Nhô Quim até este instante foram o goleiro Tom, ex-Ferroviária, e o volante Baraka, ex-Al Ansar da Arábia Saudita, além de Juninho Potiguar, ex-Caxias, citado acima. Os comandados de Moisés Egert têm estreia prevista no Paulistão A2 no dia 28 de janeiro, diante do Sertãozinho, fora de casa. As datas e os horários das partidas da primeira fase ainda serão confirmados pela FPF (Federação Paulista de Futebol).

Mauro Adamoli

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezenove − 6 =