XV joga por resultado histórico para chegar a mais uma final de Copa Paulista

0
47 views
XV precisa vencer o Marília por, pelo menos, dois gols de diferença CRÉDITO: Élcio Fabretti

O XV de Piracicaba enfrenta o Marília nesta quarta-feira (16), às 15h, no Estádio Barão da Serra Negra, pelo segundo jogo da semifinal da Copa Paulista 2020. Após conseguir dois empates nas fases anteriores, o Nhô Quim perdeu o primeiro jogo por 3 a 1 e precisa vencer o MAC por três (ou mais) gols de diferença para se classificar para a decisão, ou por dois gols para levar a definição do finalista para a disputa de pênaltis.

Mesmo após a derrota em Marília, o técnico Moisés Egert disse que não irá desistir até o apito final nesta quarta. “A primeira parte dos 180 minutos já foi e agora temos que reagir. Tivemos alguns problemas para esta partida, como o número de desfalques, porém eu não gosto de dar desculpas e, como comandante, assumo a responsabilidade. Mérito do nosso adversário, que levou a melhor na metade inicial, e cabe a nós buscarmos a virada. Justamente essa qualidade que citei do elenco, é o que nos dá confiança de que o cenário pode ser modificado”, prosseguiu o treinador.

A opinião é compartilhada pelo lateral-esquerdo Jonathan, autor do gol do Alvinegro Piracicabano no embate fora de casa. “Entendemos o peso da derrota, mas o nosso foco é chegar à final. Vamos em busca disso. Pelo o que a nossa equipe já demonstrou ao longo da competição, temos convicção que somos capazes de reverter o placar”, externou o jogador, que marcou seu primeiro gol com a camisa quinzista.

Recuperados da covid-19, após passarem o período de isolamento estipulado pelos comitês médicos da CBF (Confederação Brasileiro de Futebol) e da FPF (Federação Paulista de Futebol), o lateral-direito Cleiton Savedra e o zagueiro Muriel estão reintegrados e podem reforçar o time. O zagueiro Gustavo Silva, o meio-campista Victor Adame, o atacante Filipe Carvalho e o auxiliar de preparação física, Leonardo Tabai, diagnosticados nos últimos exames, continuam afastados.

Em sua sétima semifinal, o Nhô Quim tenta chegar a sua quarta decisão de Copa Paulista. Nas três vezes que chegou na decisão, o Alvinegro eliminou o Mirassol (2008 e 2019) e Rio Claro (2016) na semifinal, respectivamente. Além disso a equipe caiu nesta fase em 2013, 2014 e 2017, para São Bernardo FC, Santo André e Inter de Limeira, respectivamente. O Marília busca sua primeira final, sendo que o seu melhor resultado foi em 2003, quando foi semifinalista ao ser derrotado pelo Ituano.

OUTRA SEMIFINAL
A outra partida desta semifinal será disputada entre Portuguesa e São Bernardo FC, às 19h, no Estádio do Canindé, em São Paulo. O primeiro jogo terminou empatado em 1 a 1 e quem vencer a partida estará na final, sendo que novo empate leva a definição para os pênaltis.

As duas equipes também sofrem com desfalques por covid-19, sendo que a Lusa não terá em seu banco o técnico Fernando Marchiori, afastado após testar positivo para o vírus. Em relação ao São Bernardo a situação é pior, já que o Bernô perdeu para a doença o técnico Marcelo Veiga, que estava internado e faleceu na última segunda-feira (14) em razão da doença.

Mauro Adamoli

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

2 × 2 =