XV disputa a semifinal da A2 pelo terceiro ano seguido (Foto: Michel Lambstein)

Foi mais de um ano de espera para, enfim, o XV de Piracicaba retornar a uma semifinal de Campeonato Paulista Série A2. Após eliminações para Guarani (2018) e Inter de Limeira (2019) a terceira chance do Nhô Quim começa hoje (23), às 17h, no Estádio Barão da Serra Negra, contra o São Caetano, em uma reedição da última final da Copa Paulista (vencida pelo Azulão, na qual o XV busca sua revanche).

Para finalmente passar pela incômoda fase semifinal, o XV tem em seu comando o técnico Evaristo Piza, que está em sua terceira competição oficial com o XV e pela terceira vez alcança a semifinal, sendo que ele foi o treinador na derrota para o Guarani em 2018. “É uma cobrança individual minha, mas não posso me exceder, a cobrança tem que ser equilibrada, mas tenho essa busca. Até pensava em seguir no Nordeste quando aguardava propostas, mas, quando chegou o convite do XV vi que era a hora de conquistar o que havia escapado em 2018”, disse Piza sobre mais uma semifinal.

A principal semelhança entre as equipes é a bola parada, tanto o XV com o meia Daniel Costa, quanto o São Caetano, com o lateral Alex Reinaldo. Piza falou sobre essa jogada e como evitar que o adversário se beneficie deste tipo de lance” Foi passado isso para os jogadores, não só em vídeos, mas também nas conversas. Além do Alex, o Anderson Rosa também são perigosos neste tipo de lance, jogadores como o Sandoval, Everton Dia. Emerson, Joel. Mas defensivamente estamos bem seguros, conseguindo combater essa bola ofensiva parada do adversário. O principal é evitar lances que originem esse tipo de jogada, como faltas desnecessárias”, finalizou.

XV e São Caetano irão se enfrentar pela 16ª vez na história, com o XV buscando diminuir essa desvantagem histórica, já que venceu a equipe do ABC Paulista apenas uma vez, perdeu outras seis e em empatou oito partidas. No confronto entre eles na primeira fase, o Azulão venceu por 2 a 1 em São Caetano do Sul, gols de Marlon e Diego Jussani (contra), sendo que o próprio Jussani fez o gol do Alvinegro.

A última partida entre eles no Barão foi na última final da Copa Paulista e terminou com vitória da equipe do ABC por 3 a 2. Cássio Gabriel, atualmente no Botafogo-PB, fez os dois gols do XV. A única vitória do Alvinegro sobre o rival foi nas quartas de final da Copa Paulista 2017. Com Evaristo Piza de técnico, o Nhô Quim venceu por 2 a 0, dois gols de André Cunha e eliminou o rival recente.

INICIATIVA SOLIDÁRIA
Em comemoração ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (comemorado na última segunda-feira, 22), o XV e o projeto Pernas Caipiras realizam uma ação na partida. Foram colocados no setor da geral de dois a três triciclos, com cada um contendo o busto de uma criança envolvida com o projeto. “A ação faz parte das comemorações do Setembro Verde e visa ressaltar a importância da inclusão e da acessibilidade, dando espaço para que as pessoas com deficiência usufruam em condições de igualdade dos mesmos direitos que as pessoas sem deficiência”, explicou o profissional de marketing do Pernas Caipiras, Paulo Amaral.

HORÁRIO ALTERADO
O horário da segunda partida entre XV e São Caetano foi alterado pela FPF (Federação Paulista de Futebol). Originalmente marcada para a próxima quarta-feira (30), às 15h, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, o jogo será agora às 16h30, mantendo o dia (30) e o local (São Caetano do Sul). O motivo da alteração foi uma solicitação feita pelo SporTV, o detentor dos direitos de transmissão da partida.

Mauro Adamoli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

onze − nove =