Com apenas um ponto em novo possíveis, XV chega pressionado para a próxima rodada (Foto: Leonardo Lima)

O XV de Piracicaba foi derrotado pelo São Caetano na noite de quarta-feira (29), por 2 a 1, pela terceira rodada do Campeonato Paulista Série A2 2020. Diego Jussani abriu o placar no Estádio Anacleto Campanella, porém Marlon empatou e Jussani voltou a marcar, porém contra o próprio gol e o Nhô Quim perdeu de virada, sendo que os três gols foram nos últimos cinco minutos. Com o resultado, o Alvinegro continua no 15º lugar, com um ponto, enquanto que o adversário que foi para quatro pontos, subiu para nono.

A partida começou equilibrada, com a equipe do XV tento dificuldades para criar, já que o trio de meio-campo mudou pela terceira vez em três jogos. Com isso, a primeira grande chance do jogo foi do São Caetano, logo aos seis minutos. Diego Jussani e Paulão bateram cabeça na defesa, o meia Jean Dias arrancou sozinho pelo meio, porém o goleiro Mota fez um milagre para evitar o tento da equipe do ABC Paulista. O Azulão voltou a assustar com Alex Reinaldo aos 12 minutos, porém Mota agarrou firme.

O XV assustou aos 16 minutos. Raphael Macena fez o trabalho de pivô para dar espaço para Marcelinho, que bateu forte de fora da área, e a bola passou perto da trave de Luiz Daniel. O Alvinegro continuou pressionando nos minutos seguintes, porém não conseguiu criar chances claras para abrir o placar. O Nhô Quim chegou com perigo aos 28 minutos, com Jefferson Feijão, que cruzou na medida para Macena. O atacante ajeitou para Bruno Lima, que vinha chegando por trás, porém o volante não aproveitou a boa chance criada.

O São Caetano quase abriu o placar aos 33 minutos, novamente com Jean Dias, porém Mota apareceu novamente, para fazer mais uma grande defesa e deixar o placar intacto. Três minutos depois, Junior Alves teve a chance de marcar de cabeça, porém a bola saiu pela linha de fundo.

A primeira grande chance do segundo tempo foi do São Caetano, aos 9 minutos, novamente com Jean Dias. Após chegar rapidamente pela direita, o chute do meia errou a direção e o atacante Marlon, que vinha chegando para completar a jogada, chegou atrasado no lance, desperdiçando a chance de abrir o placar. Aos 15 minutos, em jogada criada por Alex Reinaldo e Jean Dias, o lateral cruzou para Ronaldo, que venceu Mota e só não abriu o placar porque Jussani tirou sobre a linha.

O Nhô Quim voltou a atacar em boa jogada criada por Caio Mancha e Erik Gabriel, atletas que entraram no segundo tempo, porém ninguém chegou para completar o toque de Mancha para finalizar a jogada. Aos 29 minutos, em cobrança de falta, Filipe Cirne bateu falta fechada e Luiz Daniel teve que se esticar para evitar o gol do alvinegro.

Faltando 10 minutos, o Azulão chegou em jogada pela direita. Alex Reinaldo viu a ultrapassagem de Ronaldo, que chutou forte, mas a bola passou pela linha de fundo. Dois minutos depois, Erison, que fez a sua estreia, pedalou para cima da marcação e bateu no canto esquerdo, obrigando o goleiro adversário a fazer uma boa defesa.

Aos 40 minutos, finalmente o placar foi inaugurado em São Caetano do Sul. Em cobrança de escanteio de Assis, Diego Jussani subiu no terceiro andar para cabecear firme. O goleiro Luiz Daniel conseguiu tocar na bola, porém não foi o suficiente para evitar o tento Alvinegro. Dois minutos depois, o São Caetano empatou, também em cobrança de escanteio. Alex Reinaldo cobrou para Marlon, que subiu mais que a zaga e cabeceou sem chances para o goleiro, deixando tudo igual no ABC Paulista.

O São Caetano virou a partida aos 44 minutos. Marcus Vinicius cabeceou sem perigo e a bola estava nas mãos de Mota, porém Diego Jussani foi tentar cortar, mas colocou o pé na bola para marcar contra e virar o placar para o adversário. O XV foi para a pressão nos acréscimos, porém não teve tranquilidade para empatar e saiu de campo com mais uma derrota.

Mauro Adamoli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × um =