XV sofre sua segunda derrota no Paulistão A2

Elenco do XV volta a campo na quinta, em Santa Bárbara d´Oeste - Crédito foto: Elcio Fabretti

O XV de Piracicaba sofreu sua segunda derrota no Campeonato Paulista da Serie A2 em partida disputada na noite desta segunda-feira, dia 3, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra.

O São Bernardo FC fez o único gol da partida em lance de pênalti, cobrado com perfeição pelo atacante Léo Castro, aos 50 minutos do segundo tempo.

Com a derrota em casa, por 1 a 0, o Nhô Quim terminou a 11ª rodada em quarto lugar, com 19 pontos. O São Bernardo FC subiu para a sexta colocação com 16 pontos.

Durante a partida, o XV teve a oportunidade de abrir o placar logo aos seis minutos de jogo. Adalberto lançou Juninho Potiguar, que saiu em boas condições de finalizar. A bola passou raspando a trave.

O time de São Bernardo respondeu em seguida, cinco minutos depois, Maranhão recebeu na área e chutou de canhota, pela linha de fundo, levando perigo ao gol de Matheus Nogueira. O adversário voltou a assustar aos 30 minutos, quando Natan arriscou de longe, por cima da meta quinzista.

Jean Dias, do Nhô Quim, foi acionado por Guilherme Garré, dentro da área. O próprio camisa dez tentou da intermediária, de pé direito, minutos depois e a bola, outra vez, foi para fora. Aos 32 minutos, Tito deixou para Garré, que bateu na saída de Gabriel Gasparotto. O goleiro defendeu e a bola ficou com Juninho Potiguar no rebote. O atacante do Nhô Quim carimbou a trave adversária.

Antes do término da primeira etapa, o Alvinegro Piracicabano ainda chegou em conclusões de Tito, que passou à direita do gol, e de Jean Dias, que ficou com Gasparotto.

Os chutes de longa distância continuavam sendo uma opção utilizada por ambos os times na segunda etapa. Rodrigo Souza, aos três minutos, soltou a bomba, para fora. Aos dez, Cleiton Savedra ajeitou de cabeça para Juninho Potiguar, que, próximo ao gol, finalizou de direita e o arqueiro desviou para escanteio.

Guilherme Garré, na sequência da partida, foi à linha de fundo e tentou o passe na segunda trave, mas o goleiro interceptou. Matheus Nogueira também trabalhou em chutes de Rafael Costa e Natan, de média distância. Os comandados de Moisés Egert ainda contaram com um cruzamento de Erison, que passou por todo mundo e um arremate de Garré, que foi por cima do gol. Porém, aos 50, Léo Castro converteu o pênalti.

O Alvinegro Piracicabano volta a campo na próxima quinta, dia 6, às 22h, diante do Rio Claro, no Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara d´Oeste.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

catorze − dez =