XV vence o jogo, mas está eliminado da Copa Paulista

0
106 views
CRÉDITO: Elcio Fabretti

O XV de Piracicaba venceu o Marília por 1 a 0, na tarde de quarta-feira (16), no Estádio Barão da Serra Negra, em Piracicaba. Com gol de Fabinho, o Nhô Quim venceu, mas não se classificou, já que perdeu o primeiro jogo por 3 a 1 e, portanto, está eliminado da Copa Paulista, já que o MAC ficou com vantagem de 3 a 2 na soma dos placares. O Nhô Quim volta a campo apenas em fevereiro, pelo Campeonato Paulista da Série A2 de 2021.

Precisando do resultado, o XV chegou pela primeira vez logo no primeiro minuto. Samuel Andrade lançou para Fabinho na intermediária, que cruzou para Jajá, mas o chute foi bloqueado pela zaga. Jonathan pegou a sobra, mas o chute saiu fraco, ficando fácil para Igor Castro defender. A resposta do Marília veios aos 6 minutos, Com Gustavo Nescau cabeceando após cruzamento na esquerda, mas Vítor Prada defendeu sem dificuldades. Logo na sequência, Tito recebeu na esquerda, entrou na grande área e mirou o ângulo do goleiro adversário, mas a bola saiu por pouco.

Aos 12 minutos, Samuel Andrade cruzou para Renan Dutra entrar de peixinho e fazer o primeiro gol do jogo, mas o zagueiro do Nhô Quim estava impedido na jogada e o gol foi anulado. O Marília tentou responder em falta cobrada por Dênis Leite, mas o atleta não acertou o gol. Na sequência Léo Couto lançou para Felipe Cordeiro, mas o chute saiu fraco.

Na marca dos 20 minutos, Renan Dutra aproveitou batida de escanteio e cabeceou perigosamente para o gol, mas a bola balançou as redes do lado de fora. Na sequência, Luan Gama puxou contra-ataque e bateu forte para o gol, obrigando o goleiro do Nhô Quim a fazer uma boa defesa.

Após o Marília se fechar na defesa e o jogo ficar truncado, o XV teve uma chance com Tito, aos 42 minutos, que cortou para o meio e chutou, mas Igor Castro encaixou o chute rasteiro. Na sequência Léo Couto arriscou para o MAC, mas a bola foi desviada e quase surpreendeu Vítor Prada.

No começo do segundo tempo, Guilherme Garré bateu escanteio para Tito, que cabeceou para o gol, mas a bola foi sem força. Dois minutos depois, Mateus Silva serviu Garré, mas o chute desviado ficou fácil para defesa do goleiro adversário. Na sequência, Victor Sapo recebeu de Cleiton Savedra na entrada da área, virou e bateu para o gol, mas ela saiu sem direção.

O Marília chegou pela primeira vez no segundo tempo aos 14 minutos, com Orlando Jr. que cortou para o meio e bateu, mas Vítor Prada caiu para evitar o tento adversário. A resposta do XV foi quase imediata, com Garré e Tito, que trocaram passes e o centroavante aproveitou bate-rebate na área para chutar forte, mas o chute foi no meio do gol, exatamente no lugar que estava o goleio Igor, que encaixou sem dar rebote.

O Nhô Quim voltou a assustar aos 29 minutos, com Renan Dutra. Após cobrança de escanteio de Garré, Renan cabeceou no chão, com Igor defendendo nas pontas dos dedos. Em nova batida, Douglas Marques cabeceou com perigo, mas a bola foi para fora. Aos 34 minutos, Fabinho recebeu bola de Tiago Potiguar na esquerda, ajeitou e bateu forte para o gol. O goleiro do MAC ainda tocou a bola, mas não foi o suficiente para evitar o gol do Alvinegro.

Aos 40 minutos, Potiguar fez um belo lançamento para Tito, na cara do gol, mas o chute cruzado saiu sem direção, com o ex-atacante do Marília mandando para fora, desperdiçando uma chance clara de marcar o segundo gol.

Mauro Adamoli

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

9 + 12 =