XV vence quatro jogos seguidos pela terceira vez na “Era Pugliese”

Após momento crítico, XV engata quatro vitórias em duas semanas (Foto: Michel Lambstein)

Após um começo irregular na Série A2, com apenas dois pontos em quatro pontos, ficando em uma incômoda 15ª posição, dentro da zona de rebaixamento para a Série A3, o XV de Piracicaba renasceu na temporada e na competição. A reviravolta começou com a vitória sobre o Londrina-PR na Copa do Brasil por 1 a 0, e depois o Nhô Quim engatou mais três triunfos consecutivos, diante de Atibaia (1 a 0), Rio Claro (2 a 1) e no último domingo (16), derrotou o Juventus (1 a 0), subindo 10 posições na tabela em três rodadas, sendo o atual quinto colocado.

No XV desde novembro de 2018, Tarcísio Pugliese viveu seu momento mais conturbado na equipe no começo do campeonato, na qual a sequência negativa de resultados culminaram em pedidos de demissão por parte de alguns torcedores. Em sua terceira competição com a equipe, vencer quatro jogos em sequência não é novidade para o jovem treinador, já que é a terceira vez que ele consegue o feito dirigindo o Nhô Quim.

A primeira foi na Série A2 de 2019, quando derrotou o São Bernardo FC (1 a 0), Taubaté (4 a 1), Penapolense (1 a 0) e Linense (2 a 1), com a sequência terminando em um tropeço diante do Juventus (2 a 1). A segunda sequência foi na Copa Paulista, quando venceu Velo Clube (1 a 0), Noroeste (3 a 1), Inter de Limeira (1 a 0) e Rio Claro (2 a 1), sendo que esta sequência novamente terminou em uma derrota (2 a 1 para o Atibaia).

Contra o Red Bull Brasil, Tarcísio buscará pela primeira vez a quinta vitória seguida no comando do XV, sendo que a última vez em que o Alvinegro conseguiu essa marca foi na Copa Paulista 2017. O Nhô Quim era comandado por Evaristo Piza e venceu o Velo Clube (3 a 2), Ferroviária (1 a 0), Linense (1 a 0), Penapolense (5 a 0) e Noroeste (2 a 1), com a sequência terminando no empate com o Mirassol (2 a 2).

Além das quatro vitórias seguidas, o XV está a cinco partidas sem ser derrotado (contando o empate com o São Bento), porém essa sequência está longe de ser a maior do Alvinegro sob o comando de Tarcísio Pugliese, já que, no ano passado a equipe ficou 11 jogos consecutivos sem perder. Foram quatro partidas no Paulistão, contra Juventus (1 a 0 e 1 a 1) e Inter de Limeira (empates em 0 a 0 e 2 a 2), além de sete na Copa Paulista, contra novamente a Inter de Limeira (1 a 1 e 1 a 0), Rio Claro (2 a 1, duas vezes), Atibaia (1 a 1), Velo Clube (1 a 0) e Noroeste (3 a 1). Curiosamente a sequência começou e terminou no Barão da Serra Negra diante do Atibaia, com derrotas por 1 a 0 (Série A2) e 2 a 1 (Copa Paulista).

Após uma sequência de oito jogos em quatro semanas, o Nhô Quim não atuará no meio de semana pela primeira vez na temporada. Logo em seguida, o XV terá uma sequência de três jogos seguidos no Barão, diante do Red Bull Brasil (A2), Juventude (Copa do Brasil) e Sertãozinho (A2), marcados para os dias 23 (domingo de carnaval), 26 (quarta-feira de cinzas) e 28 (sexta-feira), sendo que a equipe pedirá a mudança da data deste último diante da FPF (Federação Paulista de Futebol).

Mauro Adamoli