XV vira sobre o Penapolense e está classificado para as quartas de final

XV vira e enfrentará a Portuguesa nas quartas de final (Foto: Michel Lambstein)

O XV de Piracicaba venceu o Penapolense na manhã deste domingo (30), no estádio Barão da Serra Negra, em Piracicaba. Índio abriu o placar com Índio no primeiro tempo, porém, na segunda etapa, o Nhô Quim virou com gols de Erison e Caio Mancha e está classificado para as quartas de final do Campeonato Paulista Série A2. Com o sexto lugar, com 23 pontos, o Alvinegro enfrenta a Portuguesa na próxima fase. O primeiro jogo será em Piracicaba, enquanto a volta será em São Paulo, com o dia e horário dos jogos a serem definidos pela FPF (Federação Paulista de Futebol).

O XV teve a primeira chance foi logo aos 3 minutos. Após escanteio de Daniel Costa, a zaga afastou e voltou para o meia, que cruzou novamente para Douglas Marques, que cabeceou e a bola passou raspando tinta do travessão. Um minuto depois, Caio Mancha recebeu de Kadu Barone e chutou dentro da área, mas o goleiro Léo Lopes defendeu. O Penapolense respondeu aos seis minutos, com Alfredo, que aproveitou uma bobeada da zaga do Nhô Quim, mas Mota chegou para dividir com o atacante e evitar o gol.

Aos 10 minutos, Daniel Costa tentou o cruzamento rasteiro para a área, mas o zagueiro adversário rebateu e o goleiro da Penapolense ficou com a bola. A partir dos 10 minutos iniciais, o jogo ficou truncado, principalmente no meio de campo, com o XV não conseguindo penetrar na zaga da Penapolense, enquanto o adversário tentava chegar com cruzamentos na área, mas sem sucesso.

O XV tentou chegar aos 27 minutos, após passe em profundidade de Paulão para Caio Mancha, mas o goleiro Léo Lopes chegou antes. Aos 36 minutos, Valdeir bateu falta perigosa, mas a bola saiu por cima, com o goleiro Mota na jogada. Aos 38 minutos, Kadu Barone recebeu da esquerda, cortou para o meio e bateu com perigo, obrigado o goleiro adversário a mandar pela linha de fundo. Aos 42, o Penapolense tentou abriu o placar de dentro da área, mas Mota defendeu sem dificuldades.

Nos acréscimos da primeira etapa, o Penapolense arriscou de longe, mas Mota defendeu. Na sobra, Neilson ficou com a sobra e ajeitou para Índio, que bateu de canhota, a bola fez uma curva e entrou no ângulo do goleiro Mota para abrir o placar no Barão.

No segundo tempo, aos 8 minutos, Alfredo pegou sobra de escanteio e bateu torto, com a bola saindo pela linha de fundo do XV. Aos 11 minutos, Marcelinho arriscou de longe, mas a bola saiu sem direção. No lance seguinte, Erison recebeu cruzamento de Kadu Barone e cabeceou, porém não acertou o gol. Kadu Barone arriscou da entrada da área um minuto depois, mas também chutou sem direção. A blitz do Nhô Quim continuou com Marcelinho, que recebeu de Erison, mas também não acertou o gol.

Aos 17 minutos, a pressão imposta pelo XV deu certo e a equipe empatou com Erison. O atacante recebeu a bola após passe pelo meio, brigou com a zaga adversária e chutou forte e rasteiro. A bola entrou no canto do goleiro Léo Dias, para deixar o placar novamente em igualdade. Dois minutos depois, o Nhô Quim virou com Caio Mancha, que recebeu cruzamento na medida de Samuel Balbino, que cabeceou pra baixo. A bola passou por baixo do goleiro adversário, para colocar o Alvinegro em vantagem pela primeira vez na partida.

Aos 24 minutos, Erison bateu após passe de Kadu, mas a bola ficou fácil para o goleiro. 10 minutos depois, o XV deu espaço e a Penapolense arriscou de longe, mas a bola saiu por cima do gol do Mota. O Nhô Quim respondeu aos 38 minutos, com Samuel Balbino, que recebeu de Erison e bateu com perigo, dando trabalho ao goleiro Léo Lopes, que fez uma boa defesa no último lance de perigo da partida.

Além de XV e Portuguesa, os outros jogos das quartas serão entre São Bernardo (1°) x Juventus (8°); São Caetano (2°) x Monte Azul (7°); e São Bento (4°) e Taubaté (5°).

Votuporanguense (15°) e Penapolense (16°) estão rebaixados para a Série A3 em 2021.