Zagallo e a superstição com o número 13

Superstição de Zagallo com o número 13 - Crédito foto: Lucas Figueiredo/CBF

Mário Jorge Lobo Zagallo, ou simplesmente, Zagallo, completou 90 anos nesta semana. O “Velho Lobo” detém o título de ser o único tetracampeão do mundo no futebol. Ele ganhou duas Copas como jogador: em 1958, na Suécia, e em 1962, no Chile.

Como treinador, foi campeão com a seleção brasileira em 1970, no México, e outra, em 1994, como coordenador técnico. Ele ainda foi treinador do Brasil nas Copas de 1974, na Alemanha Ocidental (quarto lugar); de 1998, na França (vice-campeão), e de 2006, na Alemanha (quinto lugar), como assistente técnico. Em resumo: das sete Copas do Mundo que disputou, chegou à final de cinco delas.

O “Velho Lobo” também é conhecido por sua superstição com o número 13. Enquanto estava na ativa, Zagallo tentava sempre fazer um link entre as partidas, os compromissos e o número 13.

A superstição de Zagallo com o número 13 começou com sua esposa, Alcina de Castro Zagallo, com quem ficou junto por 57 anos e o Botafogo. Ela era devota de Santo Antônio e gostava do número. Ele foi campeão em 58: 5 + 8 = 13 e começou em 67 no Botafogo como treinador e foi campeão: 6 + 7 = 13. Depois foi campeão como auxiliar em 94: 9 + 4 = 13, que revelou mais um motivo para que ele acreditesse no número, já que Baggio errou o pênalti em 94.

Na época em que Zagallo e Parreira trabalharam juntos os patrocinadores da seleção brasileira eram Umbro e Coca-Cola, as duas juntas têm 13 letras. ‘Tetracampeões’ tem 13 letras também”.

Tite imita Zagallo

Em entrevista coletiva concedida na final da Copa América, no Maracanã, o técnico da seleção Brasileira, Tite citou Zagallo, para que pudesse chegar iluminado à decisão da competição.O treinador lembrou a superstição de Mário Jorge Lobo Zagallo:

“Oito mais cinco dá 13, 58 anos que tenho, tomara que eu tenha luz do Zagallo. Um mestre, cara iluminado, exemplo.” -, disse o técnico, na ocasião.

O problema é que no caso de Tite, a superstição não deu resultados já que a seleção brasileira perdeu a decisão da Copa América deste ano para a Argentina por 1 a 0, em pleno Maracanã.

Edilson Morais

[email protected]

LEIA MAIS:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 + 1 =