Zoonose captura na região central o 4º morcego com raiva no ano

(Foto: Amanda Vieira/JP)

A equipe do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Piracicaba recolheu na semana passada mais um morcego com raiva. O resultado positivo da doença foi confirmado pelo laboratório do CCZ na Capital. O animal foi encontrado caído em um apartamento, na área central da cidade. Este ano já foram analisados mais de 140 animais.

De acordo com as informações da Secretaria de Saúde do município, este é o quarto morcego confirmado com a doença. Os anteriores foram encontrados em um condomínio do bairro Jupiá e dois no Parque Orlanda.

No ano passado, foram investigados cerca de 300 animais e deles deles estavam contaminados com a doença. De acordo com a bióloga do CCZ, Regina Lex Engel, são todos morcegos de hábito insetívoro (se alimentam de insetos), sendo de pequeno porte, comuns na cidade.

“Eles formam grandes colônias, de 150 até 1.000 indivíduos. Se abrigam em cavernas, fendas de rochas e frestas de edificações humanas”, explicou a profissional.

Regina disse que o atendimento da equipe do CCZ via 156 já voltou ao normal, pois estava interrompido em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Segundo ela, estão sendo recolhidos apenas morcegos que tiveram contato com animais ou pessoas. “Estamos recebendo no CCZ morcegos trazidos pelos munícipes para o encaminhamento para o exame do vírus rábico, caso seja necessário”, acrescentou.

ALERTA
A bióloga do CCZ alerta que os animais (cães e gatos), principalmente dos bairros onde foram encontrados os morcegos com raiva, que não estejam com a vacina antirrábica em dia, sejam vacinados, “pois o vírus da raiva está circulando na região e os animais ficam expostos à contaminação”. A vacina é gratuita e está disponível à população no Canil Municipal do CCZ durante o ano todo, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h. Aos sábados, das 9h às 11h e das 12h30 às 14h.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

9 + dezesseis =